As 13 Luas

Texto e exercícios criados por Marcelo Sette Câmara

Espiral do Poder

A Espiral do Poder tem por objetivo ativar em seu interior as energias que fazem de nosso caminho um prazer ao ser trilhado. O trabalho que se tem para sua preparação é bastante interessante, sem contar que auxilia nos desbloqueios dos pontos que se encontram obstruídos por algum motivo.

Inicialmente, prepare um fio, que pode ser trançado ou não, com duas cores: preto e branco. Separe 13 pedaços de aproximadamente 1 metro desses fios, sendo que deve amarrar os pedaços alternadamente (um pedaço preto e outro branco). Com todos amarrados você terá um fio com 13 metros. Em um local que tenha um espaço livre, coloque o fio no chão, formando uma espiral que vai ficar com as cores alternadas. No final ela deve ficar aproximadamente assim:

Em cada um dos nós coloque as seguintes pedras:

1.      Turmalina Negra Deusa Criadora
2.      Ametista Deusa Iniciadora
3.      Água-Marinha Deusa Mediadora
4.      Crisocola Deusa Donzela
5.      Cornalina Deusa Tecelã
6.      Quartzo Fumê Deusa Libertadora
7.      Esmeralda Deusa Mãe
8.      Lápis-Lazúli Deusa Energizadora
9.      Granada Deusa Preservadora
10.  Sodalita Deusa Protetora
11.  Quartzo Azul Deusa Desafiadora
12.  Crisoprásio Senhora
13.  Cristal Deusa Anciã

Uma observação importante é que, nem sempre temos todas as pedras, principalmente porque algumas são muito caras. Então podem ser usadas pedras alternativas. Use sua intuição ou faça uma pesquisa, ou mesmo pergunte a quem trabalha com pedras, quais seriam viáveis para as substituírem.

A Espiral é composta de 13 etapas. Cada uma delas utiliza a energia de uma das pedras acima. E cada etapa tem um objetivo específico, que será descrito mais adiante. Cada etapa é seguida de uma meditação específica. O tempo de cada meditação é variável, de acordo com cada pessoa. Você pode utilizar música, desde que seja suave, alguém que pode acompanhar e falar as meditações (usando uma voz suave), ou mesmo gravar. Fica à sua escolha.

Esse trabalho deve ser feito uma vez por mês, sempre na Lua Cheia, de preferência no Plenilúnio. Determine um horário onde não será incomodado. Prepare o local onde fará a meditação, varrendo as energias (use uma vassoura e varra as energias, sem encostar no chão). Em seguida crie a espiral, colocando na posição todas as pedras, mesmo que não vá fazer todas as meditações de uma vez. Com o ambiente pronto, tome um banho e vista uma roupa branca e confortável. Se preferir, ou se puder, faça sem roupa (fica a seu critério). Acenda um incenso de sua preferência, antes de começar efetivamente.

Exercício de Respiração

Deite-se de forma confortável. Inspire profundamente, deixando que seu diafragma se expanda. Solte todo o ar dos pulmões. A cada inspiração visualize uma energia dourada ao seu redor sendo absorvida por seu corpo. A cada expiração visualize uma energia azul escura saindo de seu corpo e se integrando com o Universo. Repita por 7 vezes, pausadamente. Ao final você vai se sentir revigorado e energizado.

Deusa das Religiões Ancestrais

No dia que for fazer a meditação (ou se desejar, pode fazer todos os dias):

Feche seus olhos e visualize à sua frente uma mulher alta e belíssima, com cabelos negros e longos, que se fundem com o véu noturno que veste e que brilha como enfeitado com milhares de estrelas, como a própria noite. Ela é a Deusa das Religiões Ancestrais, e essa é a saudação que deve ser feita:

Sinto a força do Universo;

Brilho com a luz da Lua;

Sou iluminado pela luz do Sol;

Reflito o resplendor do Fogo;

Sinto a presença do vento;

Mergulho na profundidade do Mar;

Ando na estabilidade da Terra;

Vivo na firmeza da Rocha;

Sentindo em meu coração

A Luz da Grande Deusa.

Etapa 1 – O começo – Primeira Lua Cheia

Turmalina Negra – Deusa Criadora

Ao iniciar o caminho da Espiral, coloque seu pé direito na abertura. Em seguida coloque seu pé esquerdo, encostando o calcanhar do pé esquerdo nos dedos do pé direito. Depois vá alternando, sempre encostando o pé que está à frente nos dedos do pé que está atrás. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá analisando seu caminho, sua vida, e visualize seu futuro de forma promissora. Ao chegar junto à pedra, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

Relaxe e solte as tensões do corpo e da mente. Faça o exercício de respiração para se acalmar e se encher de energia. Sinta próximo de você uma presença. Olhe em sua direção e veja a Deusa Criadora, aquela que criou o Todo, dando ao Universo o necessário para que a vida fosse possível ser criada. Veja o começo da criação, quando o movimento foi criado dando início às galáxias, com milhões de planetas. Se veja no centro desse evento único. Veja os planetas dando início ao seu ciclo de vida, e essa vida evoluindo até chegar ao Homem. Veja a evolução do homem até chegar a você como é nesse momento. Visualize a Deusa se virando para você e te passando uma mensagem. Guarde bem essa mensagem, pois ela é importante.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, em um caderno que deve ser separado para esse fim, anote as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver. Esse caderno será seu Diário de Poder. Não permita que qualquer outra pessoa o leia, pois é extremamente pessoal.

Etapa 2 – Segunda Lua Cheia

Ametista – Deusa Iniciadora

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente (coloque seu pé direito na abertura. Em seguida coloque seu pé esquerdo, encostando o calcanhar do pé esquerdo nos dedos do pé direito. Depois vá alternando, sempre encostando o pé que está à frente nos dedos do pé que está atrás). Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá analisando seus objetivos a serem alcançados, principalmente aqueles que, por qualquer motivo, sejam difíceis. Ao chegar junto à segunda pedra, a Ametista, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

A Ametista tem o objetivo de tranquilizar os pensamentos, acalmar e trazer a paz. Feche seus olhos e utilize novamente a respiração para se energizar. Você vai agora se encontrar com a Deusa Iniciadora. Ela vai te guiar pelo caminho da sua iniciação. Ela ensina o porquê, o como e quando fazer o que deve ser feito para que os primeiros passos na Magia sejam dados com segurança. Escute cada um dos conselhos atentamente, e guarde-os no coração.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 3 – Terceira Lua Cheia

Água-Marinha – Deusa Mediadora

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá analisando as pessoas que passaram por sua vida e que tiveram alguma influência em seu crescimento, seja físico ou espiritual. Ao chegar junto à terceira pedra, a Água-Marinha, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

A Água-Marinha é utilizada para desbloquear a comunicação e estabelecer uma ligação com a natureza. Quem se apresenta ao seu lado é a Deusa Mediadora, que se faz presente trazendo a harmonia e mostrando onde se encontram os limites que não devem ser ultrapassados. A Mediadora mostra que a liberdade é sempre limitada, principalmente porque a liberdade, quando desmedida, pode trazer consequências desagradáveis. Ela te mostra e ensina sobre o tempo, sobre a memória, os ciclos da natureza e as fases da lua.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 4 – Quarta Lua Cheia

Crisocola – Deusa Donzela

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá visualizando as escolhas que fez na sua juventude, os acertos e os erros que cometeu e em que essas escolhas influenciaram em quem você é hoje. Ao chegar junto à quarta pedra, a Crisocola, deite-se segurando a pedra na mão direita e comece a seguinte meditação:

A Crisocola alivia os medos e equilibra emoções. Você vai encontrar a Deusa Donzela, que traz para seu coração a simplicidade e a pureza da jovem, que vê o mundo como um lugar mágico e sagrado, onde a vida impulsiona a própria vida. A Donzela mostra como começar a entender que as coisas são interligadas entre si, cada momento, cada ato, influenciando um ao outro, levando a meditação a um próximo nível.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 5 – Quinta Lua Cheia

Cornalina – Deusa Tecelã

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá visualizando as consequências das escolhas que fez na sua juventude, tanto dos acertos como dos erros que cometeu. Ao chegar junto à quinta pedra, a Cornalina, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

A Cornalina traz a conexão com a energia da Terra, a segurança e estimula os pensamentos. A conexão com a Terra vai trazer ao seu corpo a energia necessária para sua estabilização. Sinta a energia fluindo da pedra para seu corpo, energizando cada uma das suas células. Nesse momento você encontra a Deusa Tecelã, que tece a teia da vida. Veja a Deusa como a Mulher Aranha que interliga todos os seres vivos em sua teia. Ela também aparece como a Bruxa que, como Senhora da Magia, molda o próprio Mundo. A Tecelã ensina o Poder da Magia e a responsabilidade que se deve ter pelo seu uso. Você vai aprender a direcionar a sua criatividade, os seus poderes mágicos.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 6 – Sexta Lua Cheia

Quartzo Fumê – Deusa Libertadora

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá visualizando você se libertando de todas as coisas que podem te atrapalhar no caminho. Se libertando das negatividades, das pessoas que podem te atrasar na vida ou mesmo daquelas que tentam te colocar para baixo. Ao chegar junto à sexta pedra, o Quartzo Fumê, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

O Quartzo Fumê purifica o chacra básico, aumenta a esperança e trabalha a aceitação. Você deve se lembrar de seus objetivos. Você está diante da Deusa Libertadora, que vai mostrar um processo onde vai primeiro reviver e em seguida se livrar de toda lembrança dolorosa que já foi vivenciada na sua vida. Veja nesse instante a Deusa Libertadora mostrando um símbolo que tem a capacidade de te desconectar do passado. Como recompensa por ter passado por essa prova, a Deusa Libertadora permite que você explore a Natureza entendendo porque as coisas se tornaram sagradas. Ao final, Ela religa suas energias com a origem.

Depois de vinte minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 7 – Sétima Lua Cheia

Esmeralda – Deusa Mãe

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá visualizando você se tornando pleno, com sua energia totalmente recarregada. Ao chegar junto à sétima pedra, a Esmeralda, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

A Esmeralda serve para o equilíbrio físico, emocional e mental. Estimula a sabedoria, aumenta a capacidade psíquica e traz o renascimento. Agora você vai encontrar a Deusa Mãe. Quando a energia chega ao seu ápice há uma transformação, onde a Donzela se torna a Mãe que cria todas as coisas vivas. A Mãe nutre, provê e sustenta a si mesma com o intuito de assegurar e preservar a vida. Mas não pense de forma alguma que a Mãe é só carinho. Ela está presente para ensinar sua parte do Caminho que foi escolhido por você. Preste atenção aos seus ensinamentos.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 8 – Oitava Lua Cheia

Lápis-Lazúli – Deusa Energizadora

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá visualizando o tipo de energia que deseja transmitir para as outras pessoas que cruzarem seu caminho. Ao chegar junto à oitava pedra, o Lápis-Lazúli, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

O Lápis-lazúli trabalha a clarividência e a intuição. Relacionada à mente, paz, espiritualidade, iluminação e amplia o poder pessoal. Você verá e conhecerá nesse momento a Deusa Energizadora. Ela é pura energia sexual e vibração. Contém a dádiva da liberdade ilimitada. É ao mesmo tempo loucura, entrega, embriaguez, energia vital. Veja a Deusa Energizadora impulsionando você além dos limites auto impostos e contra tudo o que pode tolher. Visualize-a como a Senhora da pura alegria incontida. Busque entender o que te mantém ativo quando a rotina te sufoca, ou que atividades lhe fornecem energia. Visualize que áreas em sua vida precisam ser energizadas e como você se transforma ao ser energizado.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 9 – Nona Lua Cheia

Granada – Deusa Preservadora

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá visualizando as coisas que você sabe, principalmente as que não saiba de onde vem a informação. Sinta a segurança que essas informações trazem para sua vida. Ao chegar junto à nona pedra, a Granada, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

A Granada traz informações de vidas passadas, estimula a paciência, amor, compaixão e coragem. Agora conheça a Deusa Preservadora. Ela te mostra as formas como você se nutre e preserva seu lar, que é seu corpo, e seu fogo interior. A Preservadora é a Senhora dos Grãos, da terra verde e plena de frutos, da Cornucópia inesgotável, a Senhora do Fogo. Busque entender o que mantém sua vida do ponto de vista físico, mental, criativo, emocional e espiritual.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 10 – Décima Lua Cheia

Sodalita – Deusa Protetora

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, visualize quais são as proteções que você tem e que foram ou não criadas por você. Veja em sua mente todas as pessoas que te ampararam durante sua vida. Ao chegar junto à décima pedra, a Sodalita, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

A Sodalita propicia a mudança, o equilíbrio, a compreensão intelectual, a harmonização do yin e yang, fortalece a comunicação e desperta a terceira visão. Nesse instante, nessa décima etapa, você conhecerá a Deusa Protetora. Ela protege os limites, surgindo para resguardar a Criação. Pode aparecer como guerreira, parteira ou protetora da infância, que surge da maternidade e da necessidade de defesa. Ela vai mostrar como é sua protetora ou proteção ideal. Vai te mostrar as pessoas que te protegeram ao longo da vida, bem como as que você protegeu. Entenda a forma que você precisa ser protegida e como pode oferecer proteção a outros.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 11 – Décima Primeira Lua Cheia

Quartzo Azul – Deusa Desafiadora

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá visualizando seu caminho espiritual do início de sua caminhada até o momento atual. Ao chegar junto à décima primeira pedra, o Quartzo Azul, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

O Quartzo Azul aumenta o conhecimento sobre a espiritualidade. Agora você vai passar por uma prova um pouco mais complexa. Deve buscar enfrentar sem confrontar. Você vai entender, principalmente porque nesse instante você está diante da Deusa Desafiadora. Ela é a ceifadora implacável de tudo que não tem função, das estruturas, ideias, crenças, hábitos e pensamentos que não cabem mais na sua vida. Ela vai te mostrar sua vida desde quando você nasceu e como você vê os desafios que a vida lhe oferece. Vai mostrar se você os vê simplesmente como obstáculos ou como algo a ultrapassar. Principalmente quais são os padrões repetitivos de sua vida.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 12 – Décima Segunda Lua Cheia

Crisoprásio – Senhora

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá visualizando sua energia se fortificando, crescendo, fazendo com que você se sinta com uma segurança que permite enfrentar qualquer coisa que possa surgir em seu caminho. Ao chegar junto à décima segunda pedra, o Crisoprásio, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

O Crisoprásio ativa sua introspecção, abrindo sua mente para novas situações. Você agora vai conhecer a Senhora. Ela é aquela que dá ou ativa todos os seus Poderes. Para isso você deve vê-La realmente como a Senhora da compaixão e aceitação de todos os seres. Só assim Ela te tornará consciente dos seus dons, fazendo com que aflorem e passem realmente a fazer parte do seu caminho. Ela vai te mostrar quais são realmente seus tesouros, quais de seus dons não são exercitados corretamente, ou mesmo de que forma você dá ou tira poderes de si mesmo. Sinta cada célula de seu corpo se modificar. Sinta que seus poderes que se encontravam adormecidos se ativam e que sua energia é ilimitada.

Depois de quinze minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.

Etapa 13 – Décima Terceira Lua Cheia

Cristal – Deusa Anciã

A cada reinício do caminho da Espiral, use os passos descrito anteriormente. Não tenha pressa. Enquanto faz essa caminhada, vá visualizando seu corpo se encher da energia do Amor Incondicional por todas as coisas, vivas ou não. Sinta cada uma de suas células recebendo essa energia e respondendo com uma emissão de energia positiva que atinge a todas as pessoas que cruzam seu caminho. Ao chegar junto à décima terceira pedra, o Cristal, deite-se segurando a pedra com sua mão direita e comece a seguinte meditação:

O Cristal reflete a pureza. É usado para ampliação dos poderes através do Amor Incondicional, estimulando a consciência cósmica, já que trabalha com os chacras superiores. Harmoniza o Eu Superior proporcionando o equilíbrio entre o corpo e a mente. Chegou o momento de se encontrar com a Deusa Anciã. Ela vai te ensinar que, assim como a luz da Lua começa a minguar e mergulhar dentro de si, sua jornada interior deve buscar sempre o autoconhecimento. Vai te mostrar como dar o mergulho que segue sua jornada até seu destino final, que, assim como a Lua que desaparece, simboliza a morte de um ciclo para o renascimento de um novo. Sinta que o ciclo se fecha e leva o caminho novamente ao início, retornando ao coração da Criadora.

Depois de dez minutos: visualize seu retorno ao seu corpo. Volte a sentir seus membros, a ouvir os sons ambientes, e assim que se sentir confortável abra seus olhos.

Quando terminar e for sair, utilize o mesmo passo que entrou. Já fora da Espiral, escreva em seu Diário de Poder as impressões que teve do exercício de meditação. Durante o próximo mês você poderá ter sonhos ou sentir suas energias se transformando gradativamente. Anote sempre as impressões que tiver.