ArtigosBruxariaMagia

Alguns Exercícios

Corpo

Marcelo Sette Câmara

Execute a sequência abaixo onde, através do toque que deve ser suave, fará contato consigo mesmo. Deve ser feito em um local reservado, com uma luz e uma música suave, se assim desejar, e sem qualquer peça de roupa ou assessório. Feche os olhos, respire fundo por algumas vezes e busque silenciar sua mente. Esse exercício pode (e deve) ser feito pelo menos uma vez por semana para que as mudanças sejam observadas. Tenha sempre próximo um caderno para escrever suas observações e ter um histórico de você mesmo. Na medida em que as mãos descem contornando o corpo e o tronco se flexiona, com o devido tempo, você perceberá as mudanças físicas que ocorrem. Notará as tensões dos braços, da nuca e costas à medida que executa os movimentos. Busque ouvir seu corpo. Pode ser feito de pé, sentado ou deitado. Mantenha os olhos fechados durante o exercício.

Primeira parte

  • Toque inicialmente o lado esquerdo com sua mão direita. Comece pelo topo da cabeça, passe pela nuca, o lado do pescoço, o ombro, o braço e antebraço esquerdo até atingir a mão;
  • Repita o exercício do outro lado;
  • Faça uma respiração durante o movimento.

Segunda parte

  • Toque as costelas, abaixo das axilas, e contorne o corpo lateralmente até atingir os pés flexionando suavemente o tronco;
  • Subir lentamente o tronco, deslizando a mão pelo tornozelo, perna e coxa pelo lado interior;
  • Repita o exercício do outro lado;
  • Faça respiração durante o movimento.

Terceira parte

  • Toque o topo da cabeça com ambas as mãos;
  • Desça pelo rosto, passando pela testa, olhos, nariz, boca, queixo, pescoço, peito, seios, costelas, abdômen, órgãos sexuais, coxas, joelhos, pernas e pés;
  • Suba fazendo o mesmo;
  • Faça respiração durante o movimento.

Quarta parte

  • Toque o topo da cabeça com ambas as mãos;
  • Desça pela parte de trás da cabeça, passando pela nuca, pescoço até chegar aos ombros;
  • Coloque os braços para trás, até onde alcançar, e siga descendo pelas costas até os pés;
  • Suba fazendo o mesmo;
  • Faça respiração durante o movimento.

Durante os exercícios busque ter sua mente livre, voltada para o seu interior. Sinta o seu corpo ao toque de seus dedos. Tente se acostumar com o toque, ouvir o que o corpo fala. Não pressione com força, pois seu corpo é seu instrumento de vida. Esse exercício tem por finalidade que você se conheça melhor do que ninguém. Também pode ser utilizado por duas pessoas que convivem juntas e queiram se conhecer mais intimamente. Isso fará com que se aproximem mais uma da outra.

Exercício da Árvore

Marcelo Sette Câmara

Procure uma árvore com o tronco o mais reto possível. O ideal é que se faça sem camisa, mas caso não seja possível procure utilizar uma camisa fina ou natural.

  • Encoste toda a coluna no tronco da árvore.
  • Feche os olhos e se concentre no tronco às suas costas.
  • Visualize a seiva correndo pelo tronco e, à medida que passa por suas costas, imagine sua energia se fundindo com a da natureza.
  • Crie uma fusão energética entre você e a árvore.
  • Sinta-se como parte integrante dela.
  • Sinta-se como se você fosse a própria árvore.
  • Sinta o brilho e o calor do sol sobre suas folhas.
  • Sinta a respiração dessas folhas.
  • Você é a árvore, com todos os seus galhos, frutos e folhas.
  • Sinta o vento balançando com suavidade as folhas.
  • Sinta a energia que vem da terra, do ar, do fogo e da água envolvendo todo o seu ser.
  • Permaneça assim por 5 minutos.
  • Imagine-se agora separando-se com delicadeza do tronco, para que não haja traumas nem para você nem para a árvore.

Ao se desencostar abra vagarosamente os olhos. Vai se sentir revitalizado e tranquilo.

Agradeça à Mãe Natureza.

Desconheço a autoria

Controlando seu Campo Energético.

Esse exercício visa estarmos conscientes do que ocorre com nosso corpo espiritual, auxiliando-nos a ter o controle sobre o campo de energia. É preferível que esse exercício seja realizado ao ar livre.

  • Relaxe e feche os olhos.
  • Tome consciência do seu corpo físico.
  • Explore seu corpo físico da cabeça aos pés.
  • Tome consciência da Mãe Terra abaixo de seus pés.
  • Estabeleça uma conexão, tendo como ponto de partida a base da sua coluna.
  • Deixe seu corpo espiritual formar uma cauda que irá se conectar com a Mãe Terra.
  • Sinta a cauda transformar-se numa raiz.
  • Use a cauda para retirar toda energia negativa do seu corpo.
  • Após livrar-se das energias negativas, solicite a Mãe Terra que lhe dê um pouco da sua energia.
  • Sinta a energia da Mãe Terra fluindo por seu corpo, tornando-o mais sólido e presente.
  • Respire bem fundo, agradeça a Mãe Terra pela sua energia, e sinta aos poucos, voltando ao seu estado natural.

Exercício A Meditação do Sol Egípcio

Fonte: Laurie Cabot, “O Poder da Bruxa”

Esta meditação é maravilhosa para a renovação de energias físicas e psíquicas. Após um longo dia de trabalho, utilizo-a com frequência para vitalizar-me antes de uma noite de aula ou de uma reunião com o meu coven. Também pode ser a primeira coisa que se faz pela manhã, antes de começar as tarefas e ocupações do dia.

Faça a Contagem Regressiva de Cristal para entrar em alfa. Quando estiver pronto, veja um fulgurante sol psíquico brilhando uns 2 metros acima de sua cabeça. Note como pulsa a sua energia dourada. Veja o poder solar que dele se desprende, ávido por repartir-se com todas as coisas vivas. Com o tempo, notará seis raios de luz solar, semelhantes a raios laser, dirigidos para você. Eles deixarão o globo incandescente e descerão para seis áreas do seu corpo.

O primeiro raio penetra-lhe na cabeça e vai até a glândula pineal, seu Terceiro Olho.

O segundo raio entra no chakra da garganta, onde está localizada a tireoide.

O terceiro raio corre ao longo da garganta.

O quarto raio penetra no plexo solar, entre a caixa torácica e o estômago.

Em seguida, erga as mãos, as palmas para cima, como na postura egípcia para orar. Ambas as mãos devem estar no nível dos ombros, as pontas dos dedos apontadas para fora, para a direita e para a esquerda.

Deixe agora que o quinto e o sexto raios penetrem no centro da palma das mãos. Quando os seis raios tiverem penetrado em seu corpo, sinta os raios dourados fluindo em seu sangue, seu sistema nervoso, subindo e descendo ao longo da coluna vertebral, para cada célula de seus músculos, para cada órgão interno. Sentirá, finalmente, uma sensação de formigamento nas pontas dos dedos. Pode ser uma sensação gelada ou quente. Toque os pés um no outro e cruze as mãos sobre o peito. Com os olhos ainda fechados, retenha a luz no interior de seu corpo. Banhe-se em seu cálido fulgor, deixando-o renovar suas energias por todo o tempo em que isso lhe for agradável. Diga repetidas vezes a si mesmo: “O Sol me dá energia física e psíquica”. Mantenha-se nessa postura entre 10 e 15 minutos, e sentir-se-á plenamente energizado no corpo, mente e aura.