Xamanismo – Vivências

Xamanismo – Os Animais de Poder
25 de fevereiro de 2017
Sobre a Iniciação – Scott Cunnigham
25 de fevereiro de 2017
Mostrar todos

Xamanismo – Vivências

As vivências abaixo servem como roteiro. Usando sua intuição, sinta-se à vontade para modifica-las no momento e na forma necessária.

001 – Seu Templo Interior

  • Solte sua mente;
  • Deixe sua imaginação agir por conta própria;
  • Vou fazer uma contagem;
  • Mentalize cada uma das etapas;
  • 1, você está se sentindo leve;
  • 2, você está relaxado;
  • 3, você está flutuando;
  • 4, você está seguro;
  • 5, você está consciente;
  • 6, você está subindo;
  • 7, você está flutuando;
  • 8, você está solto;
  • 9, você está tranquilo;
  • 10, você está flutuando;
  • Agora comece a subir;
  • Bem lentamente;
  • Em direção a uma nuvem;
  • Suba;
  • Você vai subir enquanto conto até 5;
  • 1, suba;
  • 2, escute o som do vento;
  • 3, sinta o calor do sol;
  • 4, sinta o frescor úmido da nuvem ao atravessa-la;
  • 5, você está acima da nuvem;
  • Caminhe sobre a nuvem em direção ao sol;
  • 1, sinta o calor do sol em seu corpo;
  • 2, escute o silêncio ao seu redor;
  • 3, a nuvem está ficando plana;
  • 4, a nuvem se torna totalmente plana;
  • 5, pare;
  • Este será o lugar de seu Templo Interior;
  • Este é seu lugar;
  • Aqui você pode criar seu espaço;
  • Sua única limitação é sua criatividade;
  • Comece agora a construir seu lugar;
  • Onde você coloca aquilo que desejar;
  • Onde você cria seu espaço seguro para você;
  • Onde você pode tudo;
  • Dê um nome a esse lugar;
  • Sinta a energia que flui no ambiente;
  • Sinta os cheiros, as cores, os sabores;
  • Que foram criados por você mesmo;
  • E saiba que esse é o seu lugar;
  • Onde você está seguro;
  • Onde você pode ir a qualquer momento;
  • Onde você se sente carregado de energia;
  • Onde você tem seu verdadeiro poder;
  • Agora chegou a hora de voltar;
  • Mas saiba que esse lugar está criado;
  • Que ele lhe pertence;
  • Que é seu;
  • 5, volte a caminhar pela nuvem;
  • 4, caminhe pela parte plana;
  • 3, continue caminhando;
  • 2, chegando ao lugar inicial;
  • 1, pare;
  • Atravesse novamente a nuvem, descendo;
  • 5, sinta novamente o frescor úmido da nuvem;
  • 4, desça lentamente;
  • 3, mais para baixo;
  • 2, com suavidade;
  • 1, pare novamente;
  • Agora você vai novamente adentrar seu corpo;
  • Ao final da contagem regressiva, estará consciente;
  • 10, você está tranqüilo;
  • 9, você está bem;
  • 8, você está relaxado;
  • 7, está se sentindo leve;
  • 6, está se sentindo revigorado;
  • 5, sentindo energizado;
  • 4, tranquilo;
  • 3, em Paz;
  • 2, pleno de Amor;
  • 1, abra os olhos.

 002 – Astral

  • Imagine a cor azul profundo;
  • Envolva-se nessa cor;
  • Sinta como se essa cor estivesse abraçando você;
  • Agora imagine uma aura de luz vermelha;
  • Inspire essa luz vermelha;
  • Expire essa luz vermelha;
  • Agora imagine uma aura de luz laranja;
  • Inspire essa luz laranja;
  • Expire essa luz laranja;
  • Imagine uma aura de luz amarela;
  • Inspire essa luz amarela;
  • Expire essa luz amarela;
  • Imagine uma luz verde;
  • Inspire essa luz verde;
  • Expire essa Luz verde;
  • Visualize uma luz azul;
  • Inspire essa luz azul;
  • Expire essa luz azul;
  • Agora visualize uma luz violeta;
  • Inspire essa Luz violeta;
  • Expire essa Luz violeta;
  • Seu corpo inteiro está pulsando a tranquilidade dessa Luz violeta;
  • Você sente sua consciência cada vez mais desperta;
  • Vou fazer uma contagem regressiva;
  • A cada número sinta sua mente mais desperta;
  • 10, sua mente está mais clara;
  • 9, sua mente está mais brilhante;
  • 8, sua mente está mais tranquila;
  • 7, sua mente está mais desperta;
  • 6, sua mente está se abrindo para as possibilidades;
  • 5, sua mente está se sentindo segura;
  • 4, sua mente está se expandindo para seu universo interior;
  • 3, as possibilidades são ilimitadas;
  • 2, sua visão interior se abre;
  • 1, sua visão interior se expande;
  • zero.
  • Visualize um lindo lugar na Natureza;
  • Próximo a uma cachoeira;
  • Escute o barulho de água;
  • Ao seu redor um verdadeiro Paraíso vegetal;
  • Com muitas plantas, árvores, flores e pássaros;
  • Escute o cantar dos passarinhos;
  • Alguns perto, outros mais longe;
  • Sinta uma brisa leve acariciar seu rosto;
  • Seus braços;
  • Suas pernas;
  • Respire esse cheiro de mata;
  • Esse cheiro verde de folhas;
  • Esse cheiro de terra;
  • E você percebe:
  • Aqui está o Templo natural da Natureza;
  • O Templo das árvores e dos pássaros;
  • O Templo da Luz do Sol;
  • Sinta-se nesse instante como se você fizesse parte desse lugar;
  • Sinta-se entrando em estado de Luz;
  • Sua Luz em unidade com a Luz do Sol;
  • Em comunhão de Luz com a Luz do Sol.
  • Sinta a presença sagrada invadir seu o corpo inteiro;
  • Sinta-se sagrado por inteiro;
  • Permaneça nesse estado por alguns instantes;
  • Agora, na contagem regressiva, retorne ao seu estado normal de consciência;
  • 10, você está se sentido bem consigo mesmo;
  • 9, você está em paz;
  • 8, você está leve,
  • 7, você está se sentindo livre;
  • 6, você está tranquilo;
  • 5, você se sente em equilíbrio;
  • 4, você está relaxado;
  • 3, você se sente feliz;
  • 2, você se sente energizado;
  • 1, você se sente inundado de amor;
  • zero, pode abrir os olhos. 

003 – Corpo de Luz 

  • Deixe sua imaginação, sua sensibilidade viajar;
  • Volte ao seu Templo natural;
  • Ao círculo de arvores, de plantas, de flores;
  • Deixe a noite cair;
  • Devagar;
  • Deixe a noite misteriosa vir e abraçar a paisagem;
  • Deixe o mistério da noite abraçar você;
  • Você está no Templo Natural da Lua;
  • Onde as plantas e as flores brilham por si próprios;
  • Irradiam sua própria luz;
  • Aqui tudo é feito de luz, de leveza, de encanto;
  • A terra encantada do seu mundo interior;
  • Aqui e do outro lado, do lado interior;
  • Onde a luz determina a forma;
  • A luz dança a forma;
  • A luz antecede a forma;
  • Olhe uma árvore;
  • Um ramo;
  • Na ponta do ramo uma forma de luz guia a seiva;
  • Uma folha de luz organiza a seiva no crescer de uma folha nova;
  • A matéria se aloja no molde de luz;
  • A luz interior materializa devagar uma folha nova;
  • Uma forma de luz arquiteta a vida vegetal;
  • Nesse encanto de Paraíso;
  • Aqui você se encontra no seu corpo de luz;
  • Na leveza, no encanto do seu corpo de luz;
  • E você fala com seu corpo de luz;
  • Mandando amor e felicidade para seu corpo;
  • Você, a consciência infinita que você é;
  • A luz divina que você é;
  • Manda amor, felicidade, plenitude de vida e de beleza
  • Ao seu corpo etérico;
  • Ao seu corpo de luz;
  • Deixando seu corpo de luz materializar felicidade e encanto para seu corpo físico;
  • Como é natural;
  • Assim foi criado o Universo no esplendor do Paraíso;
  • O esplendor do Paraíso fluindo no seu corpo físico;
  • Como é natural;
  • Como é, assim é;
  • Deixando a música fluir no seu corpo físico;
  • Se alegrar no seu corpo físico;
  • Se encantar no seu corpo físico;
  • Como é natural;
  • Deixando a luz do Paraíso iluminar seu corpo físico;
  • Deixando a luz se alegrar no seu corpo de paraíso;
  • Aqui pode ver a matéria se alojar no molde de luz;
  • Aqui a luz interior materializa, devagar, formas;
  • Uma forma de luz arquiteta sua vida;
  • Como você quer;
  • E você, nesse encanto de Paraíso;
  • Deixa a luz etérica sonhar;
  • E modelar sua vida como você quer;
  • Vou contar de 10 a 1 e assim que terminar você abrirá os olhos;
  • 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1;
  • Abra os olhos.

 004 – Pôr do Sol

  • Lembre-se do pôr do Sol;
  • Desse momento de tremenda beleza;
  • Deliciando-se em sentir essa luz acariciar seu corpo;
  • Sentindo esse bem-estar se alegrar no seu corpo;
  • Respirando a fragrância do ar;
  • Respirando esse ar leve, sutil;
  • Sentindo o ar acariciar seu corpo com amor;
  • Visualize um círculo de água transparente;
  • Aproxime-se;
  • Olhe no espelho da água;
  • Olhe o rosto, o corpo na luz de Vênus;
  • Seu rosto, seu corpo;
  • Admirando a beleza do seu corpo;
  • Olhando… deliciando-se;
  • Deixando fluir;
  • Deixando fluir o prazer de você ser você;
  • Olhando na água o Céu;
  • Esse oceano de Luz abraçando você;
  • Contemplando o oceano de Luz da sua consciência;
  • Da consciência infinita que você é;
  • A música que você é, até o Infinito;
  • Olhando, admirando essa fantástica obra de arte, seu corpo físico;
  • Admirando essa fantástica obra de inteligência;
  • Sentindo prazer no seu corpo inteiro;
  • Deixando fluir o prazer, a música que você é;
  • Fluir no seu corpo físico inteiro;
  • Nesse corpo maravilhoso que permite a você;
  • Admirar a beleza de uma cachoeira;
  • Seu cintilar na Luz do Sol;
  • Seu cintilar no luar;
  • Esse corpo físico maravilhoso;
  • Que permite a você admirar;
  • Amar a beleza da praia e das ondas que batem na areia úmida;
  • Respirar o ar que vem do mar;
  • É como saborear uma fruta;
  • Em companhia das pessoas de quem você gosta;
  • Saboreando o prazer de ser você;
  • Saboreando a consciência infinita que você é;
  • As capacidades infinitas e insuspeitas que você tem;
  • Saboreando o Universo em você. 

005 – Sonhar

  • Deixe sua imaginação sonhar;
  • Percorra as mais lindas paisagens do seu mundo profundo;
  • Você está chegando a um castelo;
  • É onde mora a Rainha de Copas;
  • As portas se abrem;
  • Ela está feliz de receber você;
  • Sorridente convida você a se sentar ao lado dela;
  • Ela oferece a você o Graal, a Copa;
  • E você pega a Copa;
  • Sente nas suas mãos a Copa;
  • Aberta para o céu;
  • Aberta para o Infinito;
  • Escute;
  • Escute com seu ouvindo esquerdo;
  • Com toda sua sensibilidade;
  • Escute o que ela diz para você;
  • O que ela diz de você para você;
  • O que ela está lembrando a você;
  • Dessa alegria tranquila que está em você desde sua infância;
  • Pode sentir como você a ama;
  • Como ela ama você;
  • Como a vida ama você;
  • Essa felicidade sem causa;
  • Infinita;
  • Que não depende de nada;
  • É como uma canção em você;
  • É uma canção em você;
  • Escute;
  • Escute o que a Rainha de Copas está dizendo;
  • Nas profundezas do seu mundo profundo;
  • Pare;
  • Escute. 

006 – Templo da Lua

  • Deixe sua imaginação solta;
  • Imagine um Templo Antigo;
  • Feito em pedra, no meio da mata;
  • Esse é o Templo da Lua;
  • Caminhe até a entrada onde você vê uma grande porta fechada;
  • Pare à sua frente e bata;
  • A porta se abre;
  • Mercúrio, o Deus dos Caminhos aparece diante de você;
  • Ele está sorrindo;
  • Convida-o a entrar e conhecer o Templo;
  • Leva você através de corredores secretos;
  • Às vezes abrindo uma ou outra porta invisível;
  • Bem escondida nas paredes de pedra;
  • Vocês chegam em uma câmara;
  • À sua frente aparece um altar de pedra;
  • Na base desse altar você vê uma espécie de placa;
  • Onde vocês dois se posicionam;
  • Sorrindo, Mercúrio pega em sua mão;
  • E vocês são transportados a uma outra câmara;
  • Em uma outra dimensão;
  • Vocês chegam a um laboratório alquímico;
  • As paredes são feitas de Energia;
  • Uma Energia que simula pedras lisas;
  • E você pode sentir a vibração sutil que emana das paredes de Energia;
  • O próprio mobiliário também é feito dessa mesma Energia;
  • E você nota que essa Energia se parece com o luar;
  • No centro da câmara você nota uma grande esfera de Energia;
  • Mercúrio lhe diz que este é o computador que rege o planeta;
  • E mostra como funciona;
  • É um computador muito adiantado;
  • Por isso mesmo, muito simples;
  • Desenvolvido em bilhões de anos;
  • Uma esfera de Energia;
  • Relacionada com a totalidade do espaço e do tempo;
  • Pulsando;
  • Um arco-íris esférico, pulsando;
  • Para funcionar basta entrar nessa esfera de Luz;
  • Formular uma pergunta precisa;
  • E aguardar, ver, perceber;
  • Mercúrio entra com você nesse espaço-tempo diferente;
  • E você sente;
  • Percebe;
  • Sente-se leve;
  • Á vontade;
  • Como em casa;
  • De todas as direções vêm até você linhas de Luz;
  • Linhas muito finas;
  • Linhas de informações;
  • Você pode sentir sua interligação com todo o planeta;
  • Um grande bem estar;
  • Em total simpatia com o Universo;
  • Sentindo-se em casa, no Universo;
  • Escutando a vibração do Universo;
  • Escutando a música do Universo;
  • Chegar até você;
  • Envolver você;
  • A curiosidade de Mercúrio atiça a curiosidade em você;
  • A curiosidade de saber;
  • De compreender;
  • Saber a resposta a respeito de um problema da sua vida cotidiana;
  • E você formula uma pergunta;
  • Nessa esfera de Luz, você pergunta a quem sabe;
  • Você pergunta ao Universo;
  • Um raio de Luz emana de você para o problema;
  • E você está vendo, percebendo;
  • De maneira natural, a resposta;
  • A resposta do Universo;
  • Um raio de Luz ilumina o caminho da solução;
  • Basta olhar;
  • Basta olhar a solução nascer;
  • Crescer como as plantas;
  • Nessa esfera de Luz você pode sentir o Universo ao redor de você;
  • Sentir que pode pedir ao Universo;
  • Pedir bem-estar;
  • Prosperidade;
  • Amor;
  • E você pede ao Universo;
  • Pede ao amor que move as estrelas;
  • Pede o Paraíso Terrestre;
  • Mercúrio perto de você agora está diferente;
  • O Deus da Alquimia está perto de você;
  • Ele, que rege os caminhos verticais, está com você;
  • Na fantástica aventura da Realidade;
  • De repente você percebe que você está aqui;
  • Sim;
  • Tudo está aqui com você;
  • Sempre;
  • Esse computador é sua própria aura;
  • A esfera de Energia da sua aura;
  • Que está em contato com informações que vêm do Universo inteiro;
  • Sua própria aura é esse computador universal. 

007 – Os Elementos

  • Enquanto você entra no espaço do sonhar;
  • Escute essa voz em você;
  • Essa voz que não fala;
  • Essa voz da testemunha em você;
  • Da testemunha que observa, não fala;
  • Esse abismo criativo em você;
  • Esse vazio que contem o Céu e a Terra em você;
  • O Sol e a Lua em você;
  • Os bilhões de anos em você;
  • É como um Fogo;
  • É um fogo em você;
  • O fogo da inteligência;
  • O fogo da inspiração;
  • O fogo de conquistar;
  • O fogo de realizar;
  • Lilith, a deusa dos bilhões de anos, está em você;
  • Mesmo não sabendo conscientemente;
  • Basta se lembrar que Lilith está em você;
  • Que o poder dos bilhões de anos da existência está em você;
  • O poder dos bilhões de anos;
  • Como um Vento soprando em você;
  • O vento da inspiração;
  • O vento do poder soprando em você;
  • O vento do Universo soprando;
  • No seu mundo profundo;
  • O vento do poder abraçando você;
  • Um Oceano;
  • Um oceano abraçando você;
  • Como um peixe, você está nadando;
  • Nadando num oceano telepático;
  • Você escolhe um oceano de sucesso;
  • Um oceano de poder;
  • Um sentimento oceânico;
  • Fluindo ao longo do seu corpo;
  • Memorizando o fluir de uma realização plena;
  • O que você quer toma forma;
  • Se estabiliza;
  • É como sua Casa;
  • O sucesso é sua casa;
  • A boa sorte é sua casa:
  • O prazer de viver é sua casa;
  • É um Fogo em você;
  • É um Vento de poder;
  • É um Oceano;
  • É um sentimento oceânico;
  • É sua Casa;
  • É onde você morra, é sua casa;
  • É o Fogo que materializa o sucesso em tudo que você faz;
  • É sua casa;
  • É o Sol Secreto no centro da sua casa;
  • O Sol em você que materializa sua Casa. 

008 – O Fogo

  • Deixe brilhar a chama da sua curiosidade;
  • Deixe sua curiosidade percorrer os caminhos do espaço e do tempo;
  • Para encontrar aquele que tem o Fogo por Aliado;
  • Um fogo azul, quase branco;
  • Intenso;
  • E você segue;
  • Andando;
  • Caminhando;
  • Você sabe que está andando no seu próprio mundo interior;
  • Descobre que o Mestre do Fogo está escondido em você;
  • E você procura;
  • E você o encontra, com seus cabelos ruivos;
  • Sua barba ruiva;
  • Seu olhar penetrante;
  • O Mestre do Fogo;
  • E você nota ser ele somente um aspecto de você mesmo;
  • O Mestre do Fogo em você;
  • Com sua mão apontando;
  • Você vê surgir à sua frente um fogo etérico;
  • Um fogo de energia;
  • Logo esse fogo se sustenta por si próprio;
  • E torna-se uma serpente de fogo;
  • Uma salamandra;
  • Uma salamandra amiga;
  • Uma poderosa inteligência amiga;
  • Dê um nome á salamandra;
  • Chame a salamandra pelo primeiro nome que vier à sua mente;
  • Esse é o nome dela, o nome que ela quer;
  • E você começa a sentir o desejo;
  • O fogo;
  • A vontade de se vestir com a salamandra;
  • Assim como se veste uma roupa, vestir a salamandra;
  • Você sente que assim vai adquirir conhecimento;
  • Conhecimento de seu próprio fogo interior;
  • Sem se queimar, sentindo um suave calor;
  • Você se veste com as chamas da salamandra;
  • Seu corpo está coberto de Fogo;
  • Sua alma é feita de Fogo;
  • Você é uma chama;
  • Você é brasa;
  • Olhando para cima, você vê uma estrela;
  • Brilhante e clara no Universo;
  • E com seu corpo em chamas voa em direção a ela;
  • Com seu corpo de Fogo, você entra no Fogo da estrela;
  • E sente como se tivesse entrado no Fogo do início do mundo;
  • Sinta o pulsar da energia da estrela;
  • Sinta a grandeza do antigo conhecimento do Universo;
  • Saia da estrela;
  • Agora volte para a Terra;
  • Para uma floresta;
  • No centro dela há uma clareira;
  • Caminhe até ela;
  • Veja uma enorme pedra, no meio da clareira;
  • Com seu corpo de Fogo, entre nessa pedra;
  • Entre em sintonia com ela;
  • Sinta o Fogo secreto da pedra;
  • Como um só ser, você e a pedra se lembram do Fogo primordial;
  • Do Fogo das origens;
  • E sente que essas origens vêm dos sentimentos e das sensações;
  • E consegue definir cada um desses sentimentos;
  • E escolhe o Fogo da Paixão;
  • E entra no Fogo da Paixão;
  • Essa paixão te leva em busca da verdade;
  • Na verdade do Fogo Inicial;
  • E você entra nesse Fogo Inicial;
  • No Fogo da consciência;
  • E você dança;
  • Dança a dança das chamas;
  • Dança a dança das salamandras;
  • Você é uma salamandra;
  • Dançando, queimando;
  • Queimando todas as suas raivas;
  • As suas fúrias;
  • Seus sentimentos negativos;
  • E se sente livre;
  • E se sente leve;
  • Você entra em fase de mudança;
  • Você começa a se transformar em um sol;
  • E você se transforma em Sol;
  • Um sol que aquece e ilumina;
  • Um sol que dá a vida e faz crescer;
  • E você se lembra de uma pessoa que precisa mudar;
  • E você pensa nessa pessoa;
  • No que ela poderia mudar;
  • Mas controla seu querer e seu desejo;
  • Mas lança nessa pessoa uma chama;
  • Um desejo ardente de mudar;
  • Um fogo, um entusiasmo;
  • Um fogo;
  • E envolve a pessoa com seu calor;
  • Com sua luz;
  • E sente que a pessoa recebeu também uma dádiva;
  • Feliz com você mesmo, aos poucos volta a ser você mesmo;
  • Em sua forma física normal;
  • À sua frente brilha a chama de energia;
  • E dentro dela ainda dança a salamandra;
  • E você agradece à salamandra. 

009 – O Ar

  • Olhe para cima;
  • Veja um cavalo feito com o próprio vento;
  • Ele está esperando por você;
  • Monte o cavalo;
  • Saia voando;
  • Cavalgando o vento que vem da montanha;
  • Você sente uma liberdade sem igual;
  • E segue cavalgando até o topo de outra montanha;
  • Onde dança o vento das alturas;
  • Com a voz do vento, chame os silfos;
  • As inteligências do ar;
  • E você escuta um riso vibrando no ar;
  • Em seguida muitos outros risos acompanham o primeiro;
  • E você sente que eles se divertem;
  • Mas você não os vê;
  • E então pergunta: “Onde vocês estão?”;
  • Os risos respondem: “aqui, aqui, por aqui e lá.”;
  • E você sente que eles estão se divertindo;
  • E você pergunta novamente “onde?”;
  • E eles respondem: “Aqui, aqui, em todos os lugares ao redor de você.”;
  • Os risos deles ecoam, sutis, na montanha ao seu redor;
  • E você começa a rir com eles;
  • E através do riso, está em sintonia com eles;
  • Em telepatia com eles;
  • Sinta como eles sentem;
  • Sinta essa leveza;
  • Essa liberdade;
  • Essa leveza acima das emoções;
  • E sopra o vento;
  • O vento da inspiração;
  • O vento da música;
  • Música inspirada;
  • Fluindo na dança do ar;
  • Os silfos são os mensageiros dos perfumes vegetais;
  • E dos perfumes sutis da inspiração;
  • Os mensageiros da liberdade e da leveza;
  • Basta chamá-los para entrar em liberdade, em leveza;
  • E você veste a brisa;
  • E seu corpo se torna a brisa;
  • Em companhia dos silfos, você alça voo;
  • Rindo;
  • Se divertindo com leveza e liberdade;
  • Olhando, sentindo, escutando o que eles querem dizer a você;
  • Dizer a sua alma;
  • Sentindo o que eles dizem a sua alma;
  • E você dança a dança do Ar;
  • E dança a dança da liberdade e da leveza;
  • E sente a pureza do momento;
  • A calma do elemento;
  • E dança;
  • E ri;
  • E brinca com eles;
  • De repente todos param;
  • Fecham um círculo à sua volta;
  • Você sente que não há o que temer;
  • Você se sente em paz;
  • E eles começam a falar de você para você;
  • Te contam histórias que só você sabe;
  • Te contam fatos de sua vida que só você conhece;
  • E você se vê;
  • De uma forma mais consciente;
  • Mais clara;
  • Mais nítida;
  • E você sente sua mente clareando;
  • Se iluminando;
  • E você entende muitas das coisas que lhe aconteceram;
  • Se torna muito mais consciente de você mesmo;
  • E se abre com o coração e a mente;
  • E se sente mais feliz;
  • Inundado de amor;
  • De um amor mais consciente;
  • Uma luz sai de cada um deles até você;
  • E você sente essa luz entrando em seu corpo;
  • E você se torna mais consciente de seu próprio corpo;
  • Consegue ver com os olhos da mente todos os seus órgãos;
  • Todos trabalhando em harmonia;
  • E se conscientiza de que eles são perfeitos;
  • Que seu interior físico é perfeito;
  • E você vê seu interior universal;
  • E vê que ele está em paz;
  • E sente que está transformado em Luz;
  • E que essa Luz é em você a sua própria Luz Divina;
  • E se sente totalmente tomado por ela;
  • Consciente que ela está em você;
  • Então seu corpo físico volta a tomar forma;
  • E você se vê novamente dentro dele;
  • E sente que a Luz te acompanha;
  • Que ela ficará para sempre com você;
  • Os silfos continuam voando ao seu redor;
  • Agora novamente rindo e brincando;
  • Você os agradece e chama novamente o cavalo de vento;
  • Monta e segue sua viagem de volta ao ponto de origem;
  • Agradece ao cavalo de vento;
  • E quando ele está partindo, você escuta uma voz dentro de você;
  • “Sempre que preciso, estarei ao seu dispor”;
  • E você sente que esse cavalo de vento faz parte de você;
  • Encontra-se em seu interior;
  • E se sente em paz consigo mesmo. 

010 – Água

  • Solte sua imaginação;
  • Deixe-a sorrir;
  • Libere-a para imaginar a paisagem de uma floresta;
  • Você está no centro dessa floresta;
  • Próximo a você há uma cachoeira;
  • Feche seus olhos e escute a água cair;
  • Escute a canção da cachoeira;
  • Respire o perfume verde da floresta que te cerca;
  • Esse perfume de folhas;
  • Esse é um Templo construído pela Luz do Sol;
  • Onde de vez em quando uns pássaros alçam voo;
  • A luz do Sol dança na cachoeira;
  • Você escuta risos de felicidade plena;
  • Vindos das águas da cachoeira;
  • E vê as ondinas dançando;
  • Irradiando uma luz própria;
  • Irradiando o reflexo do sol;
  • E você entra na dança;
  • E a cachoeira dançando abraça você;
  • E você dança a dança da luz;
  • E a dança da água caindo;
  • Sentindo um bem-estar, uma leveza.
  • Olhando através das águas, você visualiza a figura de um Deus;
  • E você o reconhece como sendo Júpiter;
  • Júpiter, o deus da sabedoria;
  • O deus da boa sorte;
  • Ele lhe dá um presente;
  • Lhe dá a sorte;
  • A sabedoria;
  • Ter boa sorte é ter sabedoria;
  • Ter boa sorte é um dom;
  • E você se lembra;
  • A boa sorte é um estado de consciência;
  • Ter boa sorte é uma sensação;
  • É uma sensação de plenitude;
  • Essa facilidade;
  • É como cavalgar um relâmpago;
  • E você cavalga o poder;
  • O poder de perceber as oportunidades;
  • De aproveitar as oportunidades;
  • De criar novas oportunidades;
  • E até aproveitar os próprios obstáculos;
  • Para ir mais longe que os demais;
  • Cavalgando a boa sorte;
  • Cavalgando a inspiração;
  • Cavalgando o poder;
  • Se deliciando em sentir o vento nos seus cabelos;
  • Em sentir o vento acariciar seu rosto;
  • Seus braços;
  • Suas pernas;
  • Sentindo o vento da aventura;
  • O prazer de desafiar e vencer;
  • E de repente você escuta um som;
  • Um som de trombetas;
  • E o vê como o som do sucesso pleno;
  • Vibrando em cada fibra de seu corpo;
  • Aumentando gradativamente a vibração de seu corpo;
  • E da mesma forma que veio, ele para;
  • Você sente seu corpo pulsando de sensibilidade;
  • E através dessa sensibilidade você se sente em comunhão com a floresta;
  • E você começa a sentir, através de seu próprio corpo, diversos sabores;
  • De diversas frutas, de diversas plantas e ervas;
  • E vê como é delicioso sentir frutas derreter na sua boca;
  • E sente o prazer de saborear a boa sorte;
  • Essa boa sorte que você escolheu;
  • Esse estado de consciência;
  • Essa sensação que abre os caminhos para você;
  • E você sente que pode fazer todas as coisas;
  • Tudo se torna fácil;
  • E você sente uma forte sensação de vitalidade;
  • Que fluindo através do seu corpo inteiro;
  • Se sente na plenitude de vida;
  • E sente uma aura de abundância irradiando de você;
  • Sinta essa aura se estender;
  • Abençoando tudo e todos ao redor de você;
  • As pessoas e as circunstâncias;
  • Chamando para sua vida mais e mais surpresas felizes;
  • Com sua aura já expandida;
  • Você vê aos seus pés um frasco;
  • Abaixa-se e o apanha;
  • Encha-o com a água da cachoeira;
  • Segure-o com as duas mãos à sua frente;
  • Sinta-o vibrar;
  • Sinta-o fluir para dentro de você;
  • Sinta-o ampliar sua consciência;
  • E você se delicia em memorizar esse estado de consciência;
  • Essa sensação;
  • Esse poder;
  • Que permite você estar no lugar certo, no momento certo;
  • E você sente que se cria uma rede telepática;
  • Uma rede telepática com as ondinas;
  • Que abre os caminhos da mente;
  • Para o caminho dos sentimentos;
  • Em uma rede telepática de boa sorte;
  • E você se volta para a água;
  • E vê as ondinas ainda sorrindo para você;
  • E sente que tudo que lhe foi permitido veio delas;
  • Do momento mágico criado pela comunhão entre vocês;
  • Do momento mágico entre você e a própria água que cai;
  • E você deixa a água sonhar;
  • Sonhar para você;
  • Sonhar em você;
  • Pois ela faz parte de você;
  • Ela está dentro de você;
  • Abrindo todos os caminhos inspirados da prosperidade;
  • Em todos os níveis;
  • E você deixa a água sonhar.

Os comentários estão encerrados.