A cor no ocultismo
21 de fevereiro de 2017
Xamanismo – Poder Pessoal
25 de fevereiro de 2017
Mostrar todos

Os Chakras

A palavra Chakra origina-se do sânscrito e significa roda ou disco giratório. Isso se dá pelo seu movimento circular, que deve ser contínuo e harmônico. Cada um possui uma velocidade, uma localização e uma cor distinta, e estão relacionados diretamente a uma glândula do corpo. Possuímos sete Chakras principais e outros 21 Chakras (ou nadis) distribuídos pelo corpo. Cada ponto de acupuntura também é considerado um micro-Chakra. Os Chakras situados na parte mais inferior de nosso corpo representam nosso lado instintivo, os mais elevados representam o nosso lado mental/espiritual.

Estão diretamente interligados em sete principais, que partem do topo da cabeça e descem em linha reta, seguindo a coluna até a sua base. São responsáveis por captar e distribuir as energias para todo o corpo, e esse é o principal motivo para se manter os Chakras bem equilibrados e alinhados. O mau funcionamento de um deles acaba por desarmonizar todos os outros, trazendo como consequência uma série de problemas que podem ser de ordem psicológica ou física. Alguns exercícios ajudam na visualização e harmonização de todos os Chakras e pode ser feito só ou acompanhado (veja a página Vivências). Mas para um melhor entendimento, estude todos os Chakras e em seguida faça os exercícios. E não se esqueça de ver o Vídeo.

Os sete principais Chakras do nosso corpo são:

– Básico ou Raiz – Muladhara: vontade de viver;

– Esplênico ou Sacral – Svadisthana: amor sexual e sentimentos;

– Plexo Solar – Manipura: ter um elo, laço com algo;

– Cardíaco – Anahata: amar a tudo universalmente;

– Laríngeo – Vishuddha: responsabilidade por si, profissão;

– Frontal – Ajna: visualizar e compreender;

– Coronário – Sahasrara: espiritualidade, integração com o todo.

Os Chakras podem ter vários níveis de atividade e devem possuir um tamanho e uma velocidade de giro constante e regular (Abertos) para serem considerados como normal. De acordo com o estado emocional de cada um, alguns Chakras não estão abertos o bastante, o que causa uma hipo-atividade. Para compensar essa falta de energia, outros Chakras entram em uma hiper-atividade provocando assim o desequilíbrio geral do corpo. O estado ideal é onde os Chakras são equilibrados, ativados e alinhados e se apresentam como uma roda de 7 a 12 centímetros em um giro constante. Podemos notar o equilíbrio quando instinto, sentimento e razão conseguem estar em perfeita harmonia. E é essa harmonia que as terapias alternativas e energéticas em geral buscam com a reestruturação dos Chakras e dos corpos etérico, emocional e mental ao mesmo tempo. Os benefícios são inúmeros, incluindo uma grande melhora nos relacionarmos com as pessoas que se encontram ao redor. No que diz respeito aos exercícios dos Chakras, busque estar acompanhado por uma pessoa que leia com uma voz suave. Uma música leve ajuda no relaxamento.

Marcelo Sette Câmara


Primeiro Chakra – Básico – Muladhara

Conhecido também como Chakra Raiz vibra e emite a cor vermelha escura com matizes de laranja. Está relacionado ao Elemento Terra e ao mundo material. Assim sendo, está ligado diretamente ao bem estar físico, ao instinto de sobrevivência, à vitalidade, à sexualidade e o controle da energia dos órgãos sexuais, da bexiga e das pernas. É representado normalmente como uma flor com quatro pétalas. Estar em equilíbrio é fundamental para o ser humano, já que concentra as energias telúricas necessárias para estimular a luta pela sobrevivência, o sucesso no trabalho, a obtenção do dinheiro, da proteção. Em outras palavras, governa os instintos necessários para a sobrevivência física e os meios para consegui-los.

O Chakra Muladhara é a base, o local de nascimento da energia de Kundalini, ou força vital energética. A energia da Kundalini se movimenta em espiral ao longo da coluna. Essa energia também conhecida por nadis, que são os dois rios internos (Ida e Píngala) e distribuem por todo o corpo a energia e o impulso da vida.

– Nadi Ida: É o canal esquerdo transportador das correntes lunares, da natureza feminina visual e emocional. Responsável pela produção da vida e energia materna é a respiração esquerda que proporciona estabilidade, introversão e serenidade. A narina esquerda é aberta durante a noite e busca equilibrar as energias lunares, relaxando a mente.

– Nadi Píngala: É o canal direito e transporta as correntes solares de natureza masculina. É o depósito de energia destrutiva e também purificadora. A narina do lado direito é de natureza elétrica masculina, verbal e racional e equilibra a energia solar criando um equilíbrio para si. Torna o corpo físico mais dinâmico, eficiente e ativo durante horas diurnas.

Esse Chakra estando bem alinhado traz a segurança, estabilidade e segurança. Você se sente atual no aqui e agora, conectado a seu corpo físico. Você se sente no comando de seu território. Se se encontrar desalinhado (hipo-ativo – lento) nota-se a tendência ao medo e ao nervosismo, fazendo com que se sinta desconfortável onde quer que se vá. Se o desalinho for ao contrário (hiper-ativo – rápido) nota-se a tendência ao materialismo e à ganância, resistente à mudança.

Forma geométrica: Relacionado ao quadrado, possui relação ao conhecimento ligado à terra, às quatro dimensões e às quatro direções.

Cor: Vermelho escuro, com matizes de laranja. É uma cor quente e densa. Aquece e estimula a circulação, o fluido da medula espinhal e o sistema nervoso simpático. Energiza o fígado, estimula os nervos e músculos, vitaliza e organiza o corpo físico.

Para sedar: Usa-se as cores violeta, azul ou rosa.

Alimentos que estimulam o Chakra: Agrião, berinjela, beterraba, tomate, morango.

Mantra: Lam

Elemento: Terra.

Fase da vida: Desde a união do espermatozoide com o óvulo, até 7 ou 8 anos.

Desequilíbrios neste Chakra podem se manifestar em:

– Hiperatividade, grande agitação, inquietude, impaciência.

– Impulsividade, agressividade, reação defensiva na maioria das situações.

– Tendência à violência, à dominação, ao despotismo.

– Ganância, astúcia, ênfase excessiva nas questões materiais.

– Preocupação excessiva com a sobrevivência e segurança pessoal.

– Insegurança financeira, ansiedade em relação a sustentar a si e a família.

– Fraco instinto de conservação e de autoproteção.

– Sensação de que o mundo é um lugar ameaçador.

– Incapacidade de ir a luta, de enfrentar obstáculos.

– Dificuldade para concretizar, de atingir objetivos.

– Falta de praticidade e de objetividade.

– Apatia, pouca vontade de viver, fadiga, fraqueza, preguiça.

– Fraco senso de realidade, falta de contato com a realidade.

– Depressão, tendências suicidas.

Fisicamente está relacionado com: glândulas supra-renais, sistema estrutural, músculos, ossos, coluna vertebral, medula óssea, produção e qualidade do sangue, parte inferior da pelve, ânus, reto, pernas e pés.

Desequilíbrio no Físico: Anemias, resfriados, sexualidade reprimida ou excessiva, frigidez, impotência, insuficiência renal, fadiga, dores nas articulações, dores lombares e nas pernas, pressão alta ou baixa, problemas de coluna, osteoporose, falta de energia, prisão de ventre, diarreia, colite, apendicite, etc.

Emocional equilibrado: Impulso para agir, consciência instintiva básica, força, agressividade controlada, coragem, afeição, criatividade, generosidade, capacidade de sentir prazer, pessoa sensata, segura e estável, habilidade em prover o necessário para vida e capacidade de cuidar de si.

Emocional desequilibrado: Egocentrismo, agressividade, preocupação, inexatidão, indolência, extravagância, não permite o prazer, pessoa sem vida, desanimada, confusão de interesses, insatisfação, medo, timidez, insegurança, histeria, paixões fortes, aspereza, dificuldade em lidar com finanças, medo de arriscar-se, apego material, tabus sexuais.

Pedras e cristais: As pedras indicadas são as vermelhas como a Granada, Hematita, Jaspe ou o Rubi. 

Localização – Base da coluna vertebral, sobre a região pélvica, na altura do cóccix, aproximadamente oito dedos abaixo do umbigo.

Função – responsável pela força e saúde física, sensualidade, emoções reprimidas, estimulante da maturidade e do senso de realidade física.

Tabela:

  • Cor: Vermelha
  • Sentido: Olfato
  • Som: Lam
  • Elemento: Terra
  • Glândulas Endócrinas: Supra-renais
  • Sentido: Olfato
  • Óleos: Mirra, Vetiver, Patchouly
  • Minerais: Chumbo
  • Planetas: Saturno e Terra
  • Alimentos: Proteínas, frutos vermelhos e vegetais
  • Em Harmonia: Vitalidade, atividade, sexualidade, estabilidade
  • Em Desarmonia: Frustração sexual, letargia, egocentrismo e ansiedade
  • Qualidades (polaridade +): Segurança ao nível material e de saúde física – sensação de ‘pés bem assentes na terra’ – estabilidade – coragem
  • Características (polaridade -): Insegurança material – fúria – raiva – violência
  • Relação com o corpo físico: Todo o sistema ósseo – dentes – rins – sistema eliminatório – planeta terra – mãe física
  • Relação com o corpo emocional: Sensação de segurança e de ter uma vida material e física plena (dinheiro – lar – trabalho – relações sociais) – influência e plenitude sexual, dada a sua relação com as glândulas sexuais
  • Bloqueios que denunciam a disfunção do Chakra: Falta de dinheiro – más relações no lar ou no trabalho – má relação com a mãe física – dores nos ossos ou dentes – constipações – rinites, sinusites, etc. – problemas da coluna ou rins

 

Vivência do Primeiro Chakra – Básico – Muladhara

 


Segundo Chakra – Esplênico – Svadisthana

Está localizado aproximadamente a 3 centímetros abaixo do umbigo,  entre o umbigo e o osso púbico é também chamado de Chakra Sexual ou Umbilical. É representado por uma flor com 6 pétalas que emanam as cores amarela,  vermelha, rosa, verde, azul, lilás e a cor predominante laranja. Por estar ligado à sexualidade, à sensualidade, à busca do prazer e da satisfação em vários níveis, é relacionado ao Elemento Água. Tem a capacidade de absorver a Energia Vital do Universo e distribuir para todo organismo, buscando o órgão que mais necessita de energia. Você já deve ter percebido que algumas pessoas emanam uma grande quantidade de energia e que as pessoas que se aproximam também recebem esse benefício. Em sua maioria, pode notar que são pessoas com boa saúde, que possuem a alegria de viver. Essas são pessoas que recebem a Energia Universal e mantém seus Chakras bem alinhados e trabalhando em harmonia com as energias recebidas através do Chakra Esplênico. Por outro lado, existem pessoas que não possuem esse Chakra bem ativo e não geram a energia que precisam no organismo. Quando se está perto, pela falta de energia, essas pessoas (conscientes ou não do que fazem), acabam por ‘roubar’ a energia dos outros. São os chamados Vampiros de Energia. Está ligado aos intestinos, às glândulas supra-renais e ao apêndice. Em desarmonia pode trazer o ciúme excessivo, problemas de coluna ou mesmo disfunções urinárias. As pedras indicadas são as de tonalidade laranja, como a Calcita Laranja, o Coral e a Opala de Fogo.

 Forma Geométrica: Círculo. Representa a forma crescente da lua.

 Cor: Laranja – tonifica. É uma cor acolhedora e estimula a alegria. É uma cor social que traz otimismo, expansividade e equilíbrio emocional. Traz confiança e automotivação.

Para sedar: Azul ou verde.

 Alimentos que estimulam o Chakra: Abóbora, cenoura, milho, laranja, manga, caqui.

 Mantra: Vam.

 Elemento: Água – forma circular – três quartos da Terra são cobertos de água, (planeta água) três quartos do peso de uma pessoa são de água – a essência da vida. Os sons da água ampliam a vibração desse Chakra.

 Fase da vida: de 8 à 14 anos.

 Desequilíbrios neste Chakra pode se manifestar em:

 – Impulso sexual exagerado que exige uma grande demanda de relações sexuais.

 – Fraco impulso sexual, tendência a evitar o ato sexual e negar a importância e o prazer que ele proporciona.

 – Incapacidade de alcançar o orgasmo na mulher e no homem ejaculação precoce ou incapacidade de ereção.

 – Tendência a encarar os relacionamentos apenas a partir dos aspectos sexuais. Sexo desvinculado de sentimentos.

 – Repressão sexual e sentimento de culpa com relação à sexualidade.

 – Traumas emocionais e psíquicos, traumas e abusos sexuais.

 – Dores e emoções reprimidas. Sensibilidade excessiva, cansaço, exaustão.

 Fisicamente está relacionado com: as gônadas, testículos, ovários, os órgãos reprodutores, a próstata, os rins, a bexiga, o intestino grosso, o cólon, a região sacro-lombar.

 Desequilíbrio no Físico: desarmonia dos rins, fígado, pâncreas, vesícula e bexiga. Alergias alimentares, problemas menstruais, distúrbios gástricos e intestinais, perda da vitalidade, dores lombares, no sacro e cóccix.

 Emocional Equilibrado: União sexual prazerosa, alegria instintiva, capacidade de planejamento, coragem de viver, paixão, habilidade em relacionar-se, jogo de cintura, flexibilidade, auto-aceitação e paixão pela vida.

 Emocional Desequilibrado: Medo, incapacidade de construir, distração, raiva, ódio, inveja, insegurança, falta de paixão, tristeza, manipulação e apego, dependência emocional, vícios e auto-destruição.

 Pedras e cristais do segundo Chakra: as pedras relacionadas a este Chakra em geral são alaranjadas como a Cornalina, Opala Fogo, Calcita Laranja, Pedra do Sol

 Localização – Dois dedos abaixo do umbigo, abdômen – região pélvica.

 Função – É a sede dos nossos desejos, controla o nosso apetite alimentar e sexual, o aparelho e os órgãos de procriação, tanto masculinos quanto femininos, a fertilidade, a criatividade. Guarda as lembranças das vidas passadas, provoca sonhos proféticos e sensibilidade apurada, é a sede da nossa vitalidade. É chamado pelos chineses de tan-tien (terra dos remédios). Seu desequilíbrio provoca falta de vontade de realizar as coisas, insatisfação com o que estamos fazendo ou trabalhando, vida sexual desregrada, falta de apetite alimentar e sexual, esterilidade, falta de criatividade.

 Tabela:

  • Cor: Laranja
  • Sentido: Paladar
  • Som: Vam
  • Elemento: Água
  • Glândulas Endócrinas: Gónadas (ovários – testículos)
  • Sentido: Gosto
  • Óleos: Sândalo – cardamono – gengibre
  • Minerais: Cornalina – pedra da lua – calcite laranja – opala de fogo
  • Metal: Estanho
  • Planetas: Lua
  • Alimentos: Citrinos – vegetais
  • Corpo Sutil: Corpo emocional
  • No Corpo: Sangue, linfa, sucos gástricos, rins, bexiga, vesícula
  • Em Harmonia: Adaptabilidade, satisfação, boa circulação
  • Em Desarmonia: Má circulação, problemas renais, ciúmes, solidão
  • Qualidades (polaridade +): Emoções – instintos – sensações – prazer – exercício e movimento – relação com o ‘perceber a linguagem do corpo’
  • Características (polaridade -): Indulgência permissiva – dificuldades sexuais – inveja – distúrbios uterinos ou órgãos reprodutores
  • Relação com o corpo físico: Fígado – pâncreas – baço – rins e bexiga – equilíbrio dos fluídos orgânicos – ligações glandulares com os testículos ou ovários e no fabrico testosterona e/ou estrogênio – vertebras lombares
  • Relação com o corpo emocional:Todo o tipo de prazeres físicos ou emocionais – bom relacionamento com o corpo – gosto pela vida
  • Bloqueios que denunciam a disfunção do Chakra: Passividade e negligência – bulimia ou anorexia – não maternidade ou não paternidade

Vivência do Segundo Chakra – Esplênico – Svadisthana

 


Terceiro Chakra – Plexo Solar – Manipura

 Está localizado a aproximadamente cinco centímetros acima do umbigo e se parece com uma flor de 10 pétalas. Sua cor predominante é a amarela com algumas nuanças verdes em suas pétalas. Encontra-se ligado ao pâncreas, o fígado, o estômago, o diafragma e a temperatura do corpo juntamente com a parte hormonal. Relaciona-se com a energia emocional e tem íntima ligação com o ego. Quando alinhado e em harmonia ajuda no desenvolvimento da vontade, da determinação e do aumento do poder pessoal. Em outras palavras, ajuda a controlar os sentimentos nas mais diversas circunstâncias. Em desequilíbrio gera a irritação, falta de vontade e mesmo o medo. Pedras indicadas são Âmbar, Calcita Amarela, Citrino Natural e Pedra do Sol.  É o Chakra que reflete o poder pessoal, atividade intelectual e o desenvolvimento da personalidade e sua influência.

 Forma Geométrica: Triângulo invertido, sugerindo o movimento descendente da energia.

 Cor: Amarelo dourado para tonificar.

 Alimentos: Manteiga, gema do ovo, cenoura, batata doce, abóbora, banana, abacaxi, melão, pêssego, limão.

 Mantra: Ram (lê-se o “R” com em vidro) – o principal ponto de concentração durante a produção deste som é o umbigo. Traz longevidade.

 Elemento: Fogo auxilia a digestão e a absorção do alimento fornecendo a energia vital.

 Fase da Vida: De 14 à 21 anos.

 Desequilíbrios neste Chakra pode se manifestar em:

 – Sentimento de vítima e sensação interior de impotência ­ abrir mão do controle sobre sua própria vida.

 – Submissão, dificuldade para colocar limites nos outros, sentimento de incapacidade e de inadequação, sentimento de culpa e de falta de merecimento.

 – Medo do fracasso, medo de errar, insegurança para tomar decisões, preocupação demasiada com a avaliação dos outros.

 – Medos em geral, covardia, timidez, vergonha, sentimento de humilhação.

 – Baixa auto-estima, vergonha, sentimento de inferioridade.

 – Dificuldade de concentração e confusão mental, dificuldade de aprendizagem.

 – Excesso de racionalidade, “ego inflado”, rigidez, presunção, arrogância, cinismo, sarcasmo, vaidade, orgulho, desprezo pelos outros.

 – Abuso do poder, tendência ao domínio, à tirania, à manipulações e controle sobre os outros, desrespeito pelo limite e a individualidade dos outros.

 – Tensão, ansiedade, nervosismo, agitação, impaciência, preocupação e insegurança.

 Fisicamente está relacionado com: órgãos de digestão, assimilação e eliminação, sistema digestivo, estômago, esôfago, fígado, vesícula biliar, pâncreas, baço, apêndice, intestino delgado, diafragma, as glândulas supra-renais.

 Desequilíbrio no Físico: Má digestão, diabetes, toxinas, úlceras e hérnias, gastrites e problemas de assimilação dos alimentos. Hipocondria, câncer no intestino e anorexia ou bulimia.

 Emocional Equilibrado: Impulso para vivenciar as emoções, colocar-se expressando suas próprias qualidades, vontade de liderar, amor a vida, aptidão para experimentá-lo com plenitude, propósitos definidos de ações, intuição, ternura e boa vontade. Auto-estima, confiança e alegria.

 Emocional Desequilibrado: Ansiedade, egoísmo, vaidade, ciúme, preconceitos, ira, timidez, intransigências, abuso de poder, impaciência, preocupação. Não sabe dizer não. Desconfiança, arrogância e baixa auto-estima.

 Pedras e cristais do terceiro Chakra: as pedras relacionadas a este Chakra em geral são amarelas: Citrino, Topázio Imperial, âmbar, enxofre.

 Localização – Fica no meio das costelas, abaixo do osso externo, sobre a “boca do estômago”.

 Função – Ele serve para promover a clareza de raciocínio. Benéfico aos estudos e todos os processos de aprendizagem. Cuida de todo o aparelho digestivo. Quando em desequilíbrio, proporciona má digestão, azia, dores no peito, disfunções hepáticas, nervosismo e desinteresse com os estudos.

 Tabela 

  • Localização:  Plexo Solar
  • Cor: Amarelo-Azul
  • Sentido: Visão
  • Som: Ram
  • Elemento: Fogo
  • Glândulas Endócrinas: Pâncreas – supra-renais
  • Sentido: Visão
  • Óleos: Limão – lima (citronela)
  • Minerais: Quartzo citrino – topázio amarelo – âmbar – olho de tigre – calcite dourada
  • Metal: Ferro
  • Planetas: Marte
  • Alimentos: Frutos amarelos (manga, limão, etc.) – vegetais
  • Elementos: Fogo
  • Corpo Sutil: Corpo mental
  • No Corpo: Sistema digestivo, fígado
  • Harmonia: Coragem, criatividade, independência, força
  • Desarmonia: Problemas de fígado, olhos, arrogância, ansiedade
  • Qualidades (polaridade +): Intelecto – racionalidade – vontade – poder – personalidade – mental
  •  Características (polaridade -): Abuso de poder – raiva – medo – ódio – distúrbios de stress – ansiedade – problemas digestivos
  • Relação com o corpo físico: Vista – olhos – pele – músculos – alergias – vértebras lombares – pensamento lógico e racional – determinação – vontade – decisão
  •    Relação com o corpo emocional: Sensação da realidade lógica – mentalidade decisiva – liberdade e percepção do próprio poder
  • Bloqueios que denunciam a disfunção do Chakra: Problemas de vista – problemas de pele – problemas musculares – controle e manipulação – dependências – dificuldade de afirmação e de identidade – superatividade mental ou intelectual

Vivência do Terceiro Chakra – Plexo Solar – Manipura

 


Quarto Chakra – Cardíaco – Anahata

 Localizado no centro do peito, na altura do coração, apresenta-se como uma flor com doze pétalas e sua cor predominante é o verde. Suas pétalas trazem nuanças de rosa e pode também ter a cor amarelo-ouro. Está relacionado ao coração, ao sangue, sistema circulatório, timo e pulmões. Ligado diretamente às emoções, como o perdão, a compaixão, a tolerância e o amor. Em desequilíbrio pode levar à depressão, à angústia e a problemas cardíacos. As pedras indicadas são Ágata Musgo, Esmeralda, Jade, Pedra da Lua, Quartzo Rosa ou Verde, Aventurina e Turmalina Rosa ou Verde. O amarelo-ouro deve ser utilizado no estímulo mental. Por sua localização, tem uma função extremamente importante no todo: separa os Chakras superiores dos inferiores. Vibrações cósmicas atingem o corpo do ser humano centenas de vezes por segundo, a cada dia que passa. Essas vibrações se apresentam como ondas e sua origem varia podendo vir de vibrações de estrelas ou do movimento dos corpos celestes. Essas vibrações cósmicas, assim como todo tipo de energia, possuem duas naturezas intrínsecas: negativa ou positiva. Já a Energia Universal possui uma terceira característica: a Energia Vital. Essa energia é a responsável direta pela conservação da vida e é de natureza binária, ou seja, possui o elemento negativo e positivo simultaneamente. E são essas energias que impulsionam o ser humano no dia a dia.

 Forma Geométrica: Hexagrama – dois triângulos sobrepostos, um voltado para cima, simboliza Shiva, o princípio masculino. O outro triângulo, voltado para baixo, simboliza Shakti, o princípio feminino. Atinge-se o equilíbrio quando estas duas forças estão unidas em harmonia.

 Cor: Rosa – amor incondicional / verde é dilatador de veias, artérias e músculos, usado para pressão alta, cateterismo. É relaxante do sistema nervoso, principalmente simpático e muscular, auxiliando nos casos de esgotamento, irritação e insônia; regula a pressão arterial, o sistema circulatório e estimula a glândula pituitária, normalizando a função das demais glândulas. Auxilia nos casos de febre, quando não se sabe a causa da infecção. Cria espaço no coração como o frescor da primavera, fazendo sentir-se renovado. Violeta e magenta (falta de energia) para tonificar.

 Alimentos que estimulam o Chakra: Frutas e verduras verdes (abacate, kiwi, maçã verde, uva, agrião, alface, escarola, brócolis).

 Mantra: Yam – a concentração deverá estar centralizada no coração, desfazendo qualquer bloqueio na região cardíaca, proporcionando controle sobre a respiração.

 Elemento: Ar – Auxilia o funcionamento dos pulmões e do coração. A estrela de seis pontas simboliza o elemento ar.

 Fases da vida: 21 a 28 anos.

 Desequilíbrios neste Chakra podem se manifestar em:

 – Egoísmo, dificuldade de dar amor, de nutrir afetivamente e doar-se às outras pessoas.

 – Falta de amor e compaixão pelo mundo, pelas pessoas, pela natureza e pelos seres vivos em geral.

 – Incapacidade de manifestar e expressar o amor e os sentimentos.

 – Dificuldade de confiar nas outras pessoas.

 – Apego e dependência emocional, carência afetiva, auto-piedade, amor possessivo, ciúmes.

 – Medo de perder afeto, de ser rejeitado, de ser ferido afetivamente.

 – Falta de amor próprio, auto-estima rebaixada, sentimentos de culpa, de falta de merecimento.

 – Ressentimentos, mágoas profundas, dificuldade de perdoar, raiva, ódio, ciúmes, inveja.

 – Dificuldade de perdoar.

 – Dor emocional, decepções amorosas, coração magoado, desgosto.

 – Tristeza, angústia, sentimento de solidão e de abandono.

 – Problemas de relacionamentos afetivos.

 Fisicamente está relacionado com: coração, circulação, veias, artérias, pulmões, timo, sistema imunológico, sistema linfático, gânglios linfáticos, seios, região dorsal.

 Desequilíbrio no Físico: Doenças cardíacas, distúrbios de pressão, problemas pulmonares e bronquites. Sistema imunológico ineficiente e dor de cabeça.

 Emocional Equilibrado: Amor próprio e pela humanidade, verdadeira compreensão da compaixão e benevolência, aceitação, bondade, disponibilidade para o perdão, ajuda ao próximo, sabedoria, conscientização do outro, assentamento na estrutura terrena, dá consistência e vitalidade as aspirações amorosas, pacificação, fé na vida e nas pessoas.

 Emocional Desequilibrado: Depressão, angústia, desprezo, raiva e medo, apego ao apego, incapacidade de amar e se emocionar. Coração fechado, apego e depressão.

 Pedras e cristais do quarto Chakra: as pedras relacionadas a este Chakra podem ser verdes ou rosa. As pedras de cor rosa trabalham diretamente com a energia do Amor Incondicional e promovem tranqüilidade e paz ao coração. As verdes trabalham com a energia da cura, da saúde, da vitalidade, do amor físico e da prosperidade. A Turmalina Melancia é bastante especial por conter as duas cores básicas deste Chakra, representando-o em sua totalidade. O Chakra cardíaco é especialmente importante por ser o ponto central de nosso corpo, separando (e unindo) os Chakras superiores (quinto, sexto e sétimo), que regem a espiritualidade, dos inferiores (primeiro, segundo e terceiro), que regem o físico.

 Verde: Malaquita, Esmeralda, Aventurina, Verdelita, Dioptásio, Jade, Amazonita, Crisoprásio.

 Rosa: Quartzo Rosa, Rodocrosita, Kunzita, Rubelita (turmalina rosa).

 Verde / Rosa: Turmalina Melancia.

 Translúcida: Pedra da Lua, opala.

 Localização – Sobre o osso externo, acima do coração, tórax, no meio do corpo e no meio da linha que vai de um ao outro mamilo.

 Função – Zela pelo bom funcionamento do coração, dos pulmões, da oxigenação do organismo e da circulação sanguínea. uma chave que liga o emocional ao psíquico. Através dele que são realizadas as curas psíquicas, é um elo de ligação com seres espirituais de ordens superiores. Quando descontrolado, propicia problemas do coração, distúrbios respiratórios e circulatórios, também gera paixões incontroláveis, fanatismo, ódio, inveja e raiva. 

 Tabela

  • Cor: Verde-Branco
  • Sentido: Tato
  • Som: Yam
  • Elemento: Ar
  • Glândulas Endócrinas: Timo
  • Sentido: Tato
  • Óleos: Pinho – bergamota – melissa (erva cidreira)
  • Minerais: Esmeralda – turmalina verde – jade verde – malaquite – aventurina verde – quartzo róseo – kunzite – turmalina rosa
  • Metal: Cobre
  • Planetas: Vénus
  • Alimentos: Frutos verdes (Kiwi, etc.) – vegetais
  • Elementos: Ar 
  • Corpo Sutil: Corpo astral 
  • No Corpo: Coração, pulmão, pele, sangue, circulação
  • Em Harmonia: Amor, generosidade, romance 
  • Em Desarmonia: Má circulação e respiração, avareza, egocentrismo
  • Qualidades (polaridade +): Amor incondicional – compaixão – perdão – compreensão – abertura – sensibilidade – partilha – equilíbrio 
  • Características (polaridade -): Ressentimento – insensibilidade – desequilíbrio sentimental – distúrbios do coração e de circulação sanguínea – reumatismo – imuno deficiência
  • Relação com o corpo físico: Coração – circulação sanguínea – pulmões e sistema respiratório superior – sistema imunitário – vértebras dorsais 
  • Relação com o corpo emocional: Amor aos outros e a sim mesmo – partilha – dar – aceitação
  • Bloqueios que denunciam a disfunção do Chakra:  Distúrbios cardíacos ou pulmonares – má circulação sanguínea – cancro – viroses – asma – bronquite – doenças sanguíneas (colestrol, leucemia, envenenamento, flebite, etc.)

 

Vivência do Quarto Chakra – Cardíaco – Anahata

 


Quinto Chakra – Laríngeo – Vishuda

 Encontra-se na base da garganta e se apresenta como uma flor de 16 pétalas. Sua cor predominante é o azul e suas pétalas emanam nuanças de prata. Responsável pela harmonia da garganta, laringe e faringe. Está ainda ligado aos brônquios, cordas vocais, boca, nariz e ouvidos. De certa forma é o responsável pelo sistema imunológico do organismo, já que é através desse Chakra que se controla o que entra em nível energético de alimento. Alinhado corretamente facilita a comunicação e a expressão. Em desequilíbrio traz a carência e a ansiedade pela dificuldade de expressão. As pedras indicadas são Água Marinha, Amazonita, Crisocola, Quartzo Azul, Topázio Azul, Turquesa. Por sua localização se torna responsável pelo equilíbrio entre a mente e o coração. Quando a pessoa age de forma mais mental geralmente não mede as consequências que as palavras podem ter para pessoas mais sentimentais. O mesmo acontece de forma inversa. E essa é a maior importância de se manter esse Chakra devidamente alinhado, cumprindo sua função de equilíbrio.

 Forma Geométrica: Lua crescente.

 Cor: Azul – atua como tranqüilizante na aura. É calmante do sistema nervoso, e equilibrador nos casos de obsessão. Traz quietude e paz mental, estimula a busca da verdade interna, a inspiração, criatividade, a fé e está associada à paciência e serenidade. Turquesa estimula a comunicação em público. Para tonificar, laranja e violeta.

 Alimentos que estimulam o Chakra: Ameixa preta, uva passa, amoras, peixes, aspargos, batatas.

 Mantra: Ham (lê-se o “H” como em help) – representa o som do corpo. Este som puro afeta o ouvinte, alterando os espaços de sua mente e de seu ser.

 Elemento: Expansão do conhecimento nos dá Akasha, união de todos os elementos: terra, água, fogo e ar, estando bem refinados em sua mais pura essência.Ar, mas num sentido mais sutil, associado ao som (Mantra).

 Fases da vida: 28 a 35 anos.

 Desequilíbrios neste Chakra podem se manifestar em:

 – Necessidade exagerada de se expressar e de falar sobre si mesmo.

 – Dificuldade de se expressar e de falar sobre si mesmo.

 – Dificuldade de auto-expressão, de expressar e assumir os sentimentos, pensamentos e necessidades.

 – Dificuldade de expressar opiniões, ideias e preocupações.

 – Dificuldade de expressar emoções. Emoções e necessidades bloqueadas e não expressadas. Sentimentos reprimidos na região da garganta ou “engolidos”. A raiva reprimida se aloja na região posterior do pescoço, enquanto as tristezas e as lágrimas não expressadas se situam na área da garganta.

 – Problemas de comunicação. Pouca clareza na comunicação. Problemas na fala.

 Fisicamente está relacionado com: garganta, glândulas tireoide e paratireoide, boca, gengivas, articulação mandibular, cordas vocais, traqueia, laringe, faringe, pescoço, vértebras cervicais.

 Desequilíbrio no Físico: Laringite, faringite, problemas de tiróide e paratiróide, doenças mentais, distúrbios da fala, gagueira e surdez.

 Emocional Equilibrado: Sensibilidade, criatividade artística, dom da palavra e do conhecimento, clariaudiência, intelecto claro, independência, idealização, senso de planejamento, força de vontade, capacidade de tomar decisões.

 Emocional Desequilibrado: Fobias, covardia, falta de criatividade, mentalidade e expressão tacanha, rude e pobreza de espírito,  preconceitos, atitudes extremamente racionais, pessoa que reclama o tempo todo, agressividade verbal e apego a crenças limitantes.

 Pedras e cristais relacionadas ao quinto Chakra em geral são azuis: Água Marinha, Turquesa, Topázio Azul, Quartzo Azul, Cianita, Crisocola, Sílica Gema, Larimar, Celestita, Angelita. Algumas das pedras do sexto Chakra também agem sobre o quinto, como o Lápis Lazuli e a Indicolita.

 Localização – Garganta, base do pescoço, onde os ossos da clavícula se encontram.

 Função – Promove o bom funcionamento: do nariz, ouvidos, pescoço, garganta, boca, cordas vocais, tireoides, amídalas. Atua na nossa comunicação verbal e na audição, bem como rege a nossa criatividade. Quando desarmonizado provoca sons intracranianos (zumbidos). Também rege a comunicação com os espíritos. 

 Tabela:

  • Cor:  Azul Claro 
  • Sentido: Audição 
  • Som: Todos 
  • Elemento: Éter 
  • Glândulas Endócrinas: Tireoide e paratireoide
  • Óleos: Lavanda – camomila – gerânio 
  • Minerais: Turquesa – crisocola – topázio azul – água marinha – cianite – sodalita 
  • Metal: Mercúrio
  • Planetas: Mercúrio 
  • Alimentos: Frutos azuis ou azulados – vegetais – espargos 
  • Elementos: Éter 
  • Corpo Sutil:  Corpo etérico 
  • Em Harmonia: Boa comunicação e expressão, criatividade 
  • Em Desarmonia: Aversão a tudo, infecções, má comunicação
  • Qualidades (polaridade +): Comunicação verbal – poder oratório – expressão criativa do ser – aceitação da mudança – capacidade de transformação – abundância – receber 
  • Características (polaridade -): Negação de si mesmo – fechar-se a si próprio e ao mundo – viver com uma sensação de falta – recusar-se à mudança – dificuldade em receber incondicionalmente – não se achar merecedor do que pediu ou do que há de melhor. 
  • Relação com o corpo físico: Garganta – tireoide – cordas vocais – vértebras cervicais – ouvido – metabolismo – língua – saliva 
  • Relação com o corpo emocional: Comunicação consigo mesmo e com os outros – viver a abundância – receber incondicionalmente – abertura às mudanças e transformações na vida – ouvir-se a si próprio e aos outros.
  • Bloqueios que denunciam a disfunção do Chakra: Distúrbios consigo mesmo, garganta, anginas, hipertireoidismo, amígdalas, metabolismo, problemas nos braços ou mãos (acidentes, entorpecimento, etc.)

Vivência do Quinto Chakra – Laríngeo – Vishuda

 


Sexto Chakra – Frontal – Ajna

 Encontra-se localizado na testa, entre as sobrancelhas e é conhecido comumente como Terceiro Olho. Tem a aparência de uma flor com 96 pétalas, sendo 48 na cor rosa e 48 na cor azul púrpura. Trabalha o controle sobre a glândula pituitária, olhos, nariz e cérebro. Por estar ligada com a hipófise, também é responsável pela concentração, memória e visualizações. Em harmonia e bem alinhado facilita a intuição e a imaginação. Em desequilíbrio pode causar distúrbios auditivos e até dores de cabeça. As pedras indicadas são Azurita, Calcantita, Lápis Lázuli, Safira Azul, Sodalita, Turmalina Azul. Esse Chakra funciona como uma ponte entre as realidades existentes. Trabalha em harmonia com o elemento Ar e se divide em 3 categorias distintas:

 – Energética;

 – Psíquica;

 – Espiritual.

 Através da energética abrimos nossa percepção que nos permite ver o mundo espiritual com os olhos normais abertos. As percepções de cada um se tornam diferentes em função da energia pessoal ser distinta a cada ser humano. Através da psíquica, ao fechar os olhos a visão reflete o eu espiritual através de imagens que podem ser comparadas aos sonhos. A espiritual pode ser comparada a uma porta que dá acesso ao mundo imaterial. É o passo a uma outra dimensão através do desdobramento.

 Forma Geométrica: Círculo (bindo).

 Cor: Dourado para concentração falta de memória. Violeta é tranquilizante e calmante. Clareia e limpa a corrente psíquica do corpo e mente, afastando problemas de obsessão mental e psicose.

 Alimentos que estimulam o Chakra: Berinjela, beterraba, ameixa preta.

 Mantra: OM.

 Elemento: Presença de todos os cinco elementos, com três gunas que são manas (mente), buddhi (intelecto), Ahankara e chitta (o ato de ser – o ser).

 Fases da vida: 35 a 42 anos.

 Desequilíbrios neste Chakra pode se manifestar em:

 – Excesso de intelectualismo, frieza emocional, ceticismo.

 – Negação da verdade, dificuldade para ver as coisas como elas realmente são, resistência e teimosia.

 – Rigidez, orgulho excessivo e inflexibilidade.

 – Intuição excessiva sem discernimento, tendência a fantasia e fuga da realidade.

 – Excesso de mediunidade, de misticismo, de religiosidade.

 – Agitação mental, atividade mental excessiva, preocupação exagerada, obsessão, paranóia.

 – Dificuldade de raciocínio, problemas de concentração e de memória, confusão mental.

 Fisicamente está relacionado com: glândula pituitária ou hipófise, sistema endócrino, rosto, olhos, ouvidos, nariz, seios paranasais.

 Desequilíbrio no Físico: Rinites, problemas de ouvido, de olhos, surdez, tontura, enxaqueca. Cansaço e confusão mental.

 Emocional Equilibrado: Percepção em relação ao universo que o cerca, entendimento do próprio caminho, percepção, intuição, fé e devoção, carisma, magnetismo, força, sabedoria, capacidade de concentrar-se e foco no objetivo.

 Emocional Desequilibrado: Desconcentração, dogmatismo, vê a vida com limitação, arrogância, medo, perda da fé e sedução, delírios, egoísmo, obsessão, teimosia e apego à crenças impostas pela sociedade.

 Pedras e cristais relacionadas ao sexto Chakra em geral são azuis, indigas e violetas: Lápis Lazuli, Azurita, Sodalita, Indicolita, Ametista, calcita ótica.

 Localização – Fica no meio da testa, entre as sobrancelhas, acima e entre os olhos.

 Função – Rege a intuição, o despertar psíquico e intuitivo, o bom funcionamento da memória, funções cerebrais e olhos.

Tabela:

  • Cor: Indigo-Violeta 
  • Sentido: Intuição 
  • Som: Ham-Sham 
  • Elemento: Mente 
  • Glândula: Pituitária 
  • Sentido: Percepções extra-sensoriais
  • Óleos: Patchouli – incenso
  • Minerais: Lapis lazuli – sodalita – safira – sugilite
  • Metal: Prata 
  • Planetas: Júpiter 
  • Alimentos: Frutos roxos ou azuis – vegetais 
  • Elementos:  Som interior 
  • Corpo Sutil: Corpo búdico 
  • Corpo: Olhos, rosto, sistema nervoso central, equilíbrio físico
  • Em Harmonia: Popularidade, intuição, ética, clareza mental 
  • Em Desarmonia: Dependência, desejos insatisfeitos, desequilíbrio
  • Qualidades (polaridade +): Espiritualidade – o ‘Eu autêntico’ – intuição – imaginação – clariaudiência – clarividência – concentração 
  • Características (polaridade -): Perda de concentração – cinismo – não assumir a sua verdadeira personalidade – dispersão – nervosismo
  • Relação com o corpo físico: Sistema endócrino – crescimento – enxaquecas no frontal ou zona dos olhos 
  • Relação com o corpo emocional: A pessoa não se sente ela mesma – hipocrisia de sentimentos e emoções – inadaptação à realidade
  • Bloqueios que denunciam a disfunção do Chakra: Falta de imaginação e criatividade – problemas de comportamento – esquizofrenia ou paranoia esquizoide – criação de mundos artificiais – pensamento rígido – pesadelos e distúrbios do sono ou repouso 

Vivência do Sexto Chakra – Frontal – Ajna

 


Sétimo Chakra – Coronário – Sahasrara

 Situa-se no topo da cabeça e é o mais brilhante dos Chakras. Conhecido pelos hindus como Lótus das Mil Pétalas por sua aparência de uma flor com 960 pétalas. Em seu centro existem 12 ondulações de um branco brilhante com um núcleo dourado. Suas pétalas emitem nuanças de violeta. Energiza diretamente o cérebro e as glândulas pineal e pituitária, que são responsáveis pela comunicação com o plano mental. Em harmonia e bem alinhado traz a inspiração, a sabedoria e a consciência cósmica. Em desequilíbrio pode causar depressão e falta de inspiração. As pedras indicadas são Alexandrita, Ametista, Cristal de Quartzo, Diamante, Fluorita, Selenita, Topázio Incolor. O ser humano, muitas vezes durante sua vida, demonstra uma sabedoria que não lhe é inerente do consciente ou do subconsciente. São as chamadas Inspirações. Sua voz física se torna um instrumento do próprio Universo. A lógica, ética, moral ou qualquer outro nome e atributo pela qual a consciência é conhecida, não se enquadram no que se refere a esse Chakra. Nele estão encerrados todos os mistérios da vida e da morte, do passado e do futuro. As pessoas que trabalham com as chamadas Mancias como o Tarô ou a Vidência possuem esse Chakra extremamente ativo, mesmo que alguns não se apercebam disso.

 Forma Geométrica: Círculo como a lua cheia.

 Mantra: Sham.

 Cor: Violeta e arco-íris.

 Elemento: Todos os elementos, inclusive o éter, em suas forças mais sutis.

Desequilíbrios neste Chakra pode se manifestar em:

 – Materialismo excessivo, não acreditar em nada que não seja terreno e palpável, ceticismo, ateísmo.

 – Dificuldade de compreender quando outras pessoas falam de suas experiências interiores, de experiências espirituais.

 – Fanatismos religiosos ou espirituais, contemplação em excesso.

 – Loucura, insanidade mental, falta de conexão com a realidade, falta de pé no chão.

 – Medo da morte.

 – Dificuldade de encontrar o seu lugar na vida.

 – Sensação de vazio e falta de sentido na existência.

 – Fuga da realidade, escapismos, suicídio, vícios, drogas, álcool, vontade de morrer.

 – Desespero, desesperança, depressão exaustão e fadiga crônica.

 Fisicamente está relacionado com: cérebro, integração dos hemisférios cerebrais, glândula pineal, funcionamento geral do cérebro e do sistema nervoso.

 Desequilíbrio no físico: Depressão, insônia, problemas endócrinos, tumores, inflamações dos nervos, problemas nos ouvidos e nos olhos, problemas imunológicos e envelhecimento precoce.

 Emocional equilibrado: realização do caminho da alma, capacidade de transformações, espiritualização, entendimento do mais elevado, acesso ao Akasha, ao Eu Superior, fé profunda e confiança na verdade, libertação da forma, destruição do imperfeito, força, coragem, firmeza, poder de comandar, de liderar com absoluta segurança e conduzir de mentes, capacidade de abstrair e entender grandes causas e questões. Servir com amor universal e dedicação.

 Emocional desequilibrado: perda do sonho da alma, desencanto, insanidade, loucura, cristalização, negativismo, auto-piedade, separação, dor da alma, sofrimento, agonia pela falta de entendimento da verdadeira dimensão do ser.

 Pedras relacionadas: são as de cor branca transparente, violeta ou dourada.

 Branco Transparente: Cristal de Quartzo, Calcita Ótica, Selenita, Fluorita, Dolomita, Diamante.

 Violeta: Ametista, Fluorita, Lepidolita

 Dourado: Pirita, calcita dourada

 Localização – No topo e no centro da cabeça, mas pairando sobre ela, mais ou menos semelhante ao circulo dourado que os santos católicos possuem sobre a cabeça.

 Função – Cuida do crescimento e evolução espiritual, da nossa auto-realização como obra do Criador; nos conduz paz, sabedoria e união com o Divino.

Tabela:

  • Cor: Violeta 
  • Sentido: Relação com o Plano Divino, Cósmico 
  • Som: Aum
  • Elemento: Espaço Eter 
  • Sentido: Empatia 
  • Óleos: Frankincense 
  • Minerais: Ametista – alexandrita – sugilite – fluorite roxa 
  • Metal: Ouro 
  • Planetas: Urano 
  • Alimentos: Frutos roxos – vegetais 
  • Elementos:  Luz interior 
  • Corpo Sutil: Corpo causal 
  • Glândulas Endócrinas:  Pituitária, Pineal 
  • Em Harmonia: Integrado a vida, iluminado, harmonioso 
  • Em Desarmonia: Loucura, desequilíbrio orgânico e mental, morte 
  • Qualidades (polaridade +): União com o todo (cósmico) – sensação de infinidade espiritual – consciência superior – sistema nervoso central e cabeça 
  • Características (polaridade -): Medo do desconhecido – recusa de ser guiado pela intuição – sentir-se à parte – rebeldia à autoridade, ou ao homem ou ao pai 
  • Relação com o corpo físico: Cabeça – sistema nervoso central e periférico 
  • Relação com o corpo emocional: Marginalização e medos do desconhecido – relação consigo mesmo e com o seu Eu Superior 
  • Bloqueios que denunciam a disfunção do Chakra: Enxaquecas nos parietais ou generalizadas – sono alterado – disfunções do pensamento ou dislexia nervosa ou motora – doenças neurológicas ou outras: esquizofrenia, paranoia, esclerose, etc. 

Vivência do Sétimo Chakra – Coronário – Sahasrara

 


Como interpretar os 7 Chakras Superiores

Muitas culturas antigas falam de “Centros de Poder” no corpo humano, pelos quais flui energia que alimenta o sistema orgânico e o faz assim funcionar. A Medicina Oriental refere-se em particular ao “Corpo Etéreo” ou “Bio Campo”, e os seus “Centros de Energia”. Os Hindus chamavam estes centros de “Chakras”(chakra significa Roda em sânscrito). Os Chakras são então, pontos etéricos de transformação e transição, através dos quais as mais elevadas frequências cósmicas são canalizadas ao corpo físico. Estas energias vitais são muito importantes para o nosso bem estar e a nossa saúde.

Se o fluxo energético de um determinado “Chakra” está instável, as glândulas endócrinas correspondem ao mesmo, e todos os processos metabólicos relacionados a estas estarão em desequilíbrio. Através das suas habilidades clarividentes, os “Rishis” da antiga Índia, recebiam conhecimento do sistema Energético Humano. A ciência foi então escrita no antigo “Livro do Conhecimento – Os Vedas”. Na Índia, como em tantas outras antigas e sabias culturas, os “Chakras” foram associados a certas cores, elementos, símbolos e propriedades. Existem entre estas associações certas afinidades vibratórias. Por exemplo, o som da palavra “IAM” (mantra), ligado a visualização de um retângulo amarelo-dourado (Yantra), produz uma certa vibração, que por sua vez ressoa com o elemento terra, e, no corpo humano com as glândulas sexuais, o primeiro “Chakra”, a cor vermelha, o planeta Marte e a Pedra de Ruby. Relacionamos a conexão entre os Centros Energéticos “Chakras”, e suas específicas qualidades no corpo humano.

Primeiro Chakra

Reflete e representa energia da vida em si – Sobrevivência, Necessidades Básicas, Terra.

  • Localização: Base da espinha (dorsal)
  • Cor: Vermelha
  • Sentido: Olfato
  • Som: Lam
  • Elemento: Terra
  • Glândula: Gônada
  • Corpo: Aparelho Reprodutor
  • Harmonia: Vitalidade, atividade, sexualidade, estabilidade
  • Desarmonia: Frustração sexual, letargia, egocentrismo, ansiedade

Segundo Chakra

Reflete e representa emoções, sentimentos e sensualidade.

  • Localização: Umbigo baixo
  • Cor: Laranja
  • Sentido: Paladar
  • Som: Vam
  • Elemento: Água
  • Glândula: Adrenal
  • Corpo: Sangue, linfa, sucos gástricos, rins, bexiga, vesícula
  • Harmonia: Adaptabilidade, satisfação, boa circulação
  • Desarmonia: Má circulação, problemas renais, ciúmes, solidão

Terceiro Chakra

Reflete o poder pessoal, atividade intelectual e o desenvolvimento da personalidade e sua influência.

  • Localização: Solar plexus
  • Cor: Amarelo-Azul
  • Sentido: Visão
  • Som: Ram
  • Elemento: Fogo
  • Glândula: Pâncreas
  • Corpo: Sistema digestivo, fígado
  • Harmonia: Coragem, criatividade, independência, força
  • Desarmonia: Problemas de fígado, olhos, arrogância, ansiedade

Quarto Chakra

Reflete todas as qualidades de amor e carinho. Refere-se à cura, devoção e altruísmo.

  • Localização: Acima do coração, tórax
  • Cor: Verde-Branco
  • Sentido: Tato
  • Som: Yam
  • Elemento: Ar
  • Glândula: Thymus
  • Corpo: Coração, pulmão, pele, sangue, circulação
  • Harmonia: Amor, generosidade, romance
  • Desarmonia: Ma circulação e respiração, avareza, egocentrismo

Quinto Chakra

Reflete criatividade, comunicação, expressão e inspiração.

  • Localização: Garganta
  • Cor: Azul-Azul Claro
  • Sentido: Audição
  • Som: Todos
  • Elemento: Eter
  • Glândula: Tireóide
  • Corpo: Garganta, pescoço
  • Harmonia: Boa comunicação e expressão, criatividade
  • Desarmonia: Aversão a tudo, infecções, má comunicação

Sexto Chakra

É também chamado de visão central. Reflete intuição, poder mental, de decisão e conhecimento interior.

  • Localização: Entre os olhos
  • Cor: Indigo-Violeta
  • Sentido: Intuição
  • Som: Ham-Sham
  • Elemento: Mente
  • Glândula: Pituitária
  • Corpo: Olhos, rosto, sistema nervoso central, equilíbrio físico
  • Harmonia: Popularidade, intuição, ética, clareza mental
  • Desarmonia: Dependência, desejos insatisfeitos, desequilíbrio

Sétimo Chakra

É a conexão espiritual. Mostra esclarecimento, nossa conexão aos elevados planos de consciência (conhecimento).

  • Localização: Alto da cabeça
  • Cor: A mesma da cabeça
  • Sentido: Relação com o Plano Divino, Cósmico
  • Som: Aum
  • Elemento: Espaço Eter
  • Glândula: Pineal
  • Corpo: Mente
  • Harmonia: Integrado a vida, iluminado, harmonioso
  • Desarmonia: Loucura, desequilíbrio orgânico e mental, morte

Chakras equilibrados

São aqueles que apresentam uma formação circular com nitidez de cor.

Chakras em desequilíbrio

São aqueles que apresentam formações de manchas cúbicas, oblongas ou retangulares.

Chakras que precisam ser sedados

São aqueles que apresentam uma luminosidade mais intensa e fora do padrão com relação aos outros

Chakras que precisam ser tonificados

São aqueles que denotam pouca intensidade de cor ou luz ou que as vezes quase não aparecem. 


Vivência de Todos os Chakras

 

Os comentários estão encerrados.